JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

10 de mai de 2012

Reclamatório – Julgamento Antecipado

Lindos amigos da Nação Fundística, hoje vamos falar de um assunto muito polêmico: mamilos PRECONCEITO! Antes que se assustem,eu já aviso que não vou tratar de questões mais complexas e que merecem uma discussão profunda num espaço mais sério do que este, então  não vou falar aqui de religião, cor da pele ou sexualidade, porque honestamente acho que não tenho nem qualificação para isso.

Eu já escrevi algumas vezes aqui e no facebook que todos nós temos por hábito julgar as pessoas, não adianta mentir, não adianta se dizer puritano, porque você julga sim! Ao se deparar com uma pessoa que não vive no mesmo “mundo” que o seu, esta pessoa estará sendo analisada por você: roupas, corte de cabelo, atitudes e tudo mais que for possível.
Acredito que enquanto você está julgando em pensamento,OK!
O problema é quando você passa a externar essas suas opiniões. E o problema maior ainda não é esse, PIOR mesmo é quando os juízes da vida alheia começam a achar que tudo o que não se enquadra no que eles entendem como correto é inaceitável, logo, você está errado e deve ser severamente punido.

De um tempo pra cá eu comecei a reparar nos preconceitos e nas hipocrisias das pessoas justamente em razão da Fanpage do N.E.D. Tudo, absolutamente tudo que eu posto é motivo de julgamento e tais julgamentos são realizados por pessoas altamente gabaritadas (ironia) para comentar sobre qualquer tipo de assunto, são as pessoas que eu costumo chamar de REVOLUCIONÁRIOS DE SOFÁ! Que são as pessoas que sentadas em seus confortáveis sofás acolchoados com penas de gansa manca da Sibéria apontam os vossos dedinhos “inquisitores” para tudo que não lhes agradem!

iStock_000002686434Small

Sabendo disso, e com o puro instinto incendiário, eu forneço baldes com gasolina pro pessoal apagar incêncio e assim vou alimentando os “haters” para ver até onde vai o assunto!  Enquanto vocês brigam, eu dou risada! Vocês já foram alvos de muitas risadas minhas e de meus amigos! Eu também julgo vocês, mas na maioria das vezes é um julgamento mental, no mais puro e absoluto silêncio!

A bola da vez foi a compra de um cachorro, dias atrás perguntei se alguém conhecia um criador de buldogue francês porque eu queria um! O recado mais educado que eu recebi foi esse ”que feio, amigo não se compra”, mas ai algum ser superior e membro de alguma sociedade protetora dos animais de São Paulo  leu esta publicação e combinou com seus amigos de lotarem a minha caixa de e-mails com mensagens simpáticas  do tipo: babaca, imbecil, compra cachorro de madame, vai pra puta que pariu”! (olha que lindo, eles sabem rimar!)

Ao invés de engolir o choro e seguir quietinho a minha vida eu fui lá e provoquei mais ainda! Mandei a galera ir pra frente dos motéis e clínicas de reprodução assistida fazer piquete em favor das crianças abandonadas. Obviamente mais raiva surgiu. E só pra alimentar ainda mais os raivosos eu publiquei a foto do cachorrinho que comprei! (via de regra esta seria uma postagem para o meu facebook pessoal e não para a minha fanpage, mas como eu sabia que ia gerar polêmica eu postei e esperei)

Apenas 2 minutos depois da foto postada eu fui chamado de desprezível e que era digno de pena. Porra, só porque eu não fiz o que você queria, que era adotar um cachorro de rua? Minha senhora, queira por favor dirigir-se a esquina mais próxima para verificar se lá me encontro! Mas não satisfeito fui dar uma pesquisada na página da elementa que me criticou por ter comprado um cachorro e sabe qual é uma das primeiras páginas quem tem nas opções curtir dela?

RODEIO DE AMERICANA!  (pra quem não é de São Paulo: Americana é uma cidade do interior paulista e possui uma das maiores festas do peão do Brasil, salvo engano perdendo apenas para Barretos.)

Ora,  ora ora,  minha senhora! Quer dizer que eu tenho que adotar cachorro de rua enquanto a vossa senhoria apoia uma festa em que o pessoal aperta saco de boi só pra ver ele pular? Mas que bela defensora és tu hein! Tá vendo? O nome disso é hipocrisia minha filha!

E sendo essa uma página jurídica eu deveria explicar-lhes as consequências de sair falando o que quiser das pessoas sem qualquer base para tal! Poderia falar aqui do Capítulo V do Código Penal Brasileiro que trata dos crimes contra a honra! Mas né… Deixa pra lá! Só vou fazer uma coisa: pegue o vosso dedinho julgador que você costuma apontar para os outros e direcione ele até o vosso esfíncter mouse e clique em descurtir a nossa página.

Beijos seus lindos!
Assinatura Livan

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism