JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

28 de jun de 2012

Reclamatório – Juridicamente (in)correto

bazingaPessoas lindas e de riso fácil da nação fundística, todos nós sabemos que o mundo jurídico é cheio de formalidades e exigências, e eu cansei de falar sobre isso aqui no N.E.D. que não sei se é de conhecimento de todos, é um espaço que a gente tenta tratar o direito de uma maneira mais descontraída, porque né, de rigor já basta a nossa vida.      

Uma das características principais do blog, tirando obviamente os erros de português e a péssima qualidade dos textos é a ironia, e isso foi assim desde o começo do blog, porém, muitas pessoas são incapazes de entender a ironia e o sarcasmo. Uma vez em uma entrevista, o William Bonner falou que as pessoas que assistem o Jornal Nacional eram chamadas internamente de Homer Simpson, e aqui eu começo a qualificar os meus leitores como Sheldon Cooper (se você não assiste The Big Bang Theory você não irá entender).     

Tem uma porrada de gente que não entende quando eu posto trechos de música e atribuo a um autor famoso, eles não entendem a ironia contida nisso, e ó, eu já expliquei umas vezes, agora eu não explico mais. Outros reclamam dos meus textos, outros relacionam tudo com política, se eu posto uma piada que o advogado tenta subornar o policial vai aparecer alguém dizendo que o Brasil não vai pra frente por causa da corrupção.     

Sério?     

Será que o mundo está errado SÓ por causa da corrupção?     

A culpa do Brasil não ir pra frente não seria TAMBÉM porque você é burro pra caralho e não consegue interpretar e diferenciar uma piada de um texto sério?     

Eu sei que estudos já comprovaram que a ironia e o sarcasmo são qualidades facilmente encontradas nas pessoas mais inteligentes, mas toda regra tem a sua exceção e eu sou a prova disso, afinal não sou inteligente, mas sou sarcástico. CHUPA MUNDO!!!!     

Acontece que as pessoas ainda tem essa “coisa” de achar que se o blog é feito pra falar de Direito tem que ser sério, mas ó amigão, não somos sérios e nem temos essa pretensão. Nós não criamos o blog pra servir de base para seus trabalhos de faculdade, nós não fazemos as postagens pra você colar na sua monografia, se bem que seria legal alguém colocar um trecho da música do Latino no TCC e atribuir à Karl Marx…    

Não… Não é assim… Aqui a gente fala de direito SIM, mas não somos obrigados a seguir as formalidades da Constituição, ou do Código Penal, no N.E.D. o código que impera é o CL – Código do Livan. que funciona mais ou menos assim: se eu achar que tá certo, ESTARÁ CERTO, se eu achar que você está errado, VOCÊ ESTARÁ ERRADO, se eu achar que você deve ser banido da página do facebook porque você disse que eu sou feio, VOCÊ SERÁ BANIDO. (aposto que alguns não entenderão a ironia aqui e me irão me encher o saco), deu pra entender? Aqui não tem essa de “o cliente tem sempre razão”, aqui quem tem razão “somo nozes”.     

Então meus caros Sheldon Coopers não levem a vida tão à sério, aliás, levem sim a vida a sério, mas não levem o N.E.D. à sério porque ó, nós não somos exemplo pra ninguém!      

Bazinga!
Assinatura Livan

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism