JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

18 de set de 2012

Diário de um Doutor – Meu nome não é Ivan

Saibam vocês que apesar da visível falta de cabelos e da idade avançada, sou um advogado recém inscrito nos quadros da ordem (se você quer parecer experiente, troque OAB por ordem), haja vista que fui aprovado há pouco mais de um ano. Pra ser mais preciso um ano três meses e dezessete dias. Até aí tudo bem, não fosse um pequeno detalhe.

ATÉ HOJE NÃO ENTREGARAM A MINHA CARTEIRA COR DE ROSA!

É isso mesmo, estou esperando a carteirinha da OAB há mais de um ano. (advogados ficam bem putos se você falar carteirinha, mas eu gosto de falar só pra provocar)

imagesLá no ano de 1981, um senhor distinto e muito culto de nome João Pereira, lendo um livro russo (não me pergunte que livro era) encontrou um nome que decidiu ser o nome de batismo do seu filho que estava prestes a nascer. Assim, nasci com a sina de carregar este belo, porém pitoresco nome, que ninguém consegue escrever ou pronunciar corretamente. (como você tá lendo e provavelmente nunca ouviu este nome eu lhes ensino como pronunciar: Livã... é isso e pronto, não é Lívan, com acento no i, não é Lívian, e também não é Lívia)

Agora voltemos aos tempos atuais, passados alguns meses desde que solicitei a minha inscrição na OAB, meu telefone tocou e pediram pra falar com o doutor LÍVAN e me avisaram que a minha carteira estava pronta e que o cerimonial de entrega seria tal dia.

Maravilha! Lá fui eu de terno e gravata no dia marcado buscar a cor de rosa, fiz todo aquele juramento, cantei o hino, ouvi aqueles discursos que ninguém presta atenção e torci pro lendário advogado campineiro que só usa terno nas cores da bandeira do Brasil não ser o escolhido para entregar a minha carteira, pois a foto iria sair no jornal da cidade. (se você tá achando que é mentira que esse cara existe clique aqui)

Deu tudo certo, e quem me entregou a carteira foi um advogado desconhecido, porém de terno preto, já fiquei feliz. Porém, a primeira coisa que você faz ao pegar um documento de extrema importância nas mãos é olhar pra ver como saiu na foto. Ficou uma merda, mas tudo bem, eis que ao ler o meu nome, uma surpresa: LIVIAN!

Porra, Livian não caralho, é Livan, Livan... não tem esse i no meio! Saí de lá direto pra OAB pra corrigir isso e um estagiário deveras mal educado me disse o seguinte: ahh você assinou o papel quando solicitou e tinha que ter conferido o seu nome, se está errado é culpa sua que não leu direito antes de assinar.

Só que eu sou vacinado contra erros no meu nome e por isso sempre confiro tudo e sabia que estava certo, pedi pra ver o papel que eu tinha assinado. Essa folha levou um mês pra chegar, quando chegou eu vi que não tinha me enganado, o meu nome estava certo na folha e errado na carteirinha.

Pedi outra, e eles queriam que eu pagasse novamente a emissão, obviamente disse que não ia pagar porra nenhuma porque o erro tinha sido deles e eles é que tinham que se virar, fiquei nessa briga por vários dias até que enfim me disseram que tava tudo certo e que um novo pedido havia sido feito.

PELA SEGUNDA VEZ ELES ERRARAM O MEU NOME! Agora veio como IVAN, sem o L!

Eu nunca entendia o motivo das pessoas matarem seus semelhantes, mas neste dia eu senti que era possível matar uma pessoa sem sentir muita culpa.

Pois bem, agora me ligaram novamente e disseram que a carteira está pronta, então fui até lá busca-la, só que não me entregaram, pois eu preciso fazer todo aquele cerimonial novamente, e não adiantou chorar e bater o pé dizendo que já fiz o juramento e tal, vou ter que fazer tudo isso pela terceira vez, mas como diz aquele ditado, cachorro que já levou picada de cobra tem medo de linguiça, então eu pedi pra ver a minha carteira só por desencargo de consciência e desta vez está certo. E com isso eu acho que entro para a história da OAB como o primeiro advogado da história a fazer 3 vezes o mesmo juramento para pegar uma única carteirinha.

Assinatura Livan

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism