JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

10 de set de 2012

Diário de um Postulante – Apresentações

Meu querido diário...Brincadeira amigos da Nação Fundística! Foi só um começo mais leve tosco, para dar início a essa coluna, que deixa de se chamar diário de um estudante e de agora em diante levará o nome de Diário de um Postulante.

Vamos às apresentações... Me chamo Mariana, sou de Atibaia/SP, tenho 20 e todos os anos, e estou no derradeiro semestre do curso de Direito em uma faculdade aqui na minha cidade mesmo.Sou assistente jurídica. 

Quem lê pode achar que estou num patamar acima dos estagiários, e digo, estou mesmo! Trabalho muito mais horas, ganho mais nada mais justo, tenho uma sala só minha e não esquento umbigo em balcão de fórum. Lindo né? 

Mas não se engane. Não esquento o umbigo no balcão porque para alcançar é necessário fazer uso de um banquinho, um degrau (até o vademecum é útil nessas horas). De certo, no dia em que Deus distribuiu “altura” eu estava batendo papo em alguma rede social celestial e não ouvi a chamada.

Ah! Outra razão para não esquentar umbigo no fórum é porque o “meu setor” cuida de aposentadorias/pensões, com isso, meu destino é o INSS (quase todos os dias). Naquela filial do inferno, digo, lugar, passo algumas horas sentada aguardando atendimento.

Como bom exemplo de estudante aplicada que está se preparando para OAB, sempre que tenho tempo livre entre um atendimento e outro é claro que fico no facebook, e assisto séries e vídeos inúteis. Também gasto esse precioso tempo arquitetando planos maquiavélicos de vingança (minha lista de vítimas conta com servidores malas, contribuintes barraqueiros e gente que insiste em puxar papo quando eu estou na melhor parte de uma série online). 

Informo que nunca executei nenhum, porque eu sou gente boa e também porque idoneidade moral é um dos requisitos pra inscrição na OAB, né? Um dia, se não for contra as normas do meu mais novo Boss – Livan O lindo – eu me aprofundo nessa questão sanguinolenta e vingativa.Fui escolhida pelo Livan, o ilustre dono do magnífico N.E.D (puxassaquismo de principiante, logo passa e eu já já o chamarei de Livan fd.. ops, brincadeira), para dividir com vocês as agruras, torturas e pressões que um candidato sofre até chegar a tão sonhada aprovação na OAB. 

Aqui relatarei ainda todo meu esforço e horas dispensadas ao estudo puta mentira.Adianto que não sou um exemplo a ser seguido, afinal, de uma pessoa que consegue dormir durante a aula, e que em sua defesa alega que enquanto dorme o cérebro faz download da matéria ministrada, não se pode esperar muito.Espero que gostem, e espero também que não gostem (só não vale xingar a mãe ta ok!?). 

Advirto que tenho o péssimo hábito de deixar escapar expressões inadequadas, desprovidas de decoro (leia-se palavrão e afins), por isso, desde já peço minhas mais sinceras desculpas. Sentirei muito se causar eventual constrangimento mentira, eu vou rir.Bom é isso... e para quem prestou o último exame... Alea jacta est!!!

Beijos e abraços minhas lindezas jurídicas!!

Assinatura Mari

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism