JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

27 de nov de 2012

Diário de um Estagiário - Vou de busão, vou de busão...

bus_universitarioOlá pessoas humildes, singelas e estressadas!

Após se deliciar com os carros da F1 e cativar o sonho de dirigir tais beldades, o fim de semana acabou.

Agora a semana mal começou e além do calor/chuva, você já está querendo entrar em vias de fato com o chefe? Seus problemas acabaram!

Mentira, seus problemas acabam de começar, não tá fácil pra ninguém...

Terça-feira, e para as pessoas menos abastadas, mais um dia da cruel e maçante Via Crucis viagem de transporte público para o estágio/faculdade, que sempre vem regada a odores característicos (vulgo fedor), calor asfixiante e um motorista lento cover do Fred Flintstone, pois parece que move o ônibus com os pés.

As viagens de querido BUSÃO nem sempre são fáceis, além das citadas acima é preciso conviver diariamente com figuras como:

- O Funkeiro: Solta o Mr. Catra e o MC Rodolfinho no último volume, parando apenas em intervalos regulares para trocar a bateria reserva do Mp30.

- O Neném Chorão: A pobre criança não tem culpa de estar aos prantos, mas nossos ouvidos maltratados merecem por a culpa em alguém, e essa culpa com certeza é da mãe que deixou o baby 12 horas sem pegar na teta e agora está faminto ou apenas fazendo cover do Restart.

- O(A) Reclamão: “Ai que calor” “Ai que cheio” “Ai que sede” “Ai que demora” “Ai meu nervo asiático”, PORRA! Já tá todo mundo se fodendo e sempre tem aquela pessoa que precisa ficar recitando todos os 356 problemas que está enfrentando no momento, sofra em paz como seus colegas!

- O Crente Catequizador: Pra que lugar melhor pra distribuir a palavra de Deus do que um ônibus lotado de sofredores/safadenhos?

- O Comunista Sindical: Definitivamente um ônibus é o local mais apropriado para lutar pelos direitos sociais de sua classe, megafone pra por fora da janela quando para no semáforo é fundamental.

- O Dorminhoco: Entra no ônibus meio sonâmbulo, senta (ou dorme em pé mesmo!), cochila e inexplicavelmente desperta em seu ponto de saída (caso não acorde já fez amizade com o cobrador que não faz menção em lhe avisar que “EI ZÉ TA NO SEU PONTO MEU FIU”)

Pois é galera, em um coletivo quase tudo é possível...

Se alguém tiver alguma história estranha, engraçada ou conhece algum personagem irreverente do BUSÃO pode compartilhar nos comentários!

#NEDinterativo

Assinatura Christian

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism