JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

12 de dez de 2012

Extra Petita - 50 tons de chatice

chatosSe você chegar a uma loja de carros qualquer, o vendedor vai chegar perto de você e dizer: isso é uma máquina, potente, ágil, nunca dá defeito, tem 23 air bags, freios ABS e o caralho a quatro, obviamente ele não vai te dizer que a revisão custa 800 reais, que o carro faz só 5 km por litro de gasolina e muito menos que depois de mil quilômetros o carro começa a fazer mais barulho que a Mangueira desfilando na Sapucaí, mas isso é o lógico, afinal sempre que temos que vender alguma coisa, exaltamos apenas as qualidades, e quando se trata de características pessoais, nós, os “serezumanos” também tentamos fazer o mesmo, falamos só de coisas boas e obviamente escondemos os nossos defeitos.

Vou um pouco mais além e afirmo que nós não escondemos os nossos defeitos, nós mentimos sobre eles, aposto que em algum momento da sua vida você já disse que o seu maior defeito é ser perfeccionista, mas ó, todo mundo sabe que isso é mentira.

É bem comum nas postagens de quarta-feira as mulheres pessoas escreverem: “nossa Livan, não sei como você ainda tá solteiro”. A resposta é simples: eu não sou como um vendedor de carros, eu até sei exaltar as minhas qualidades, só que eu não sou bom em esconder os meus defeitos. (tá, aqui no blog eu sei)

Mas ó, se tem um cara chato nesse mundo, parafraseando o Rei Roberto Carlos, ♫ Esse cara sou eu ♫

Muitos dizem que as pessoas mais ácidas e críticas são chatas, acontece que eu nem me considero tão ácido ou crítico, mas eu sei que eu sou chato pra caramba, e muita gente é assim só que não admite. Tenho os meus defeitos e são muitos, sou metódico, gosto das minhas coisas sempre do mesmo jeito, sou ciumento pra caralho e quando digo pra caralho significa o seguinte: tenho ciúmes até do CD do Claudinho e Buchecha que eu ganhei quando tinha 15 anos e não ouço há pelo menos 10, mas é meu e eu não vou te emprestar, agora amplifique isso quando se trata de namoradas, não acabou, eu fico de mal humor por coisas que a maioria das pessoas não ficariam, odeio muito ligar no celular de alguém e essa pessoa não atender, ok, até aí quase todo mundo odeia, só que se eu ligo e não sou atendido eu dou o troco e fico sem atender quando me ligam só pra me sentir vingado, ah e sou um tanto quanto teimoso também, mas no quesito teimosia eu sou moderado, pois quando percebo que estou errado eu aceito a derrota, e por últmo que nem sei se é defeito (dizem que é) tenho um forte poder de convencimento, o que pode ser muito chato, porque eu vou insistir naquele assunto até que você faça o que eu quero, mas essa ultima parte nunca funcionava com as namoradas, pois sempre eram elas que me convenciam de alguma coisa.

Se fosse possível medir os níveis de chatice como se medem os tons de cinza, acredito eu que estaria chegando nos 40, numa escala de 50, mas até acho que é um número razoável, uma vez que eu costumo julgar as pessoas e as qualifico pelo nível de chatice e na grande maioria das vezes eu as qualifico no nível máximo e dou 50 pontos e com louvor.

Assim, eu clamo, assumam os seus defeitos, pois assumindo os defeitos jamais você vai ouvira famosa frase “nossa, você não era chato assim quando nos conhecemos”. Digo mais, aprenda a conviver com suas falhas, tente trabalhar para que esses defeitos desapareçam ou ao menos diminuam, mas por favor, pare de falar que o seu maior defeito é ser perfeccionista, porque quem fala isso merece o nível 50 na minha escala de chatice.

Assinatura Livan

(espero que nenhum amigo eu ex-namorada comente esta postagem, pois acredito que eles irão elevar os números da minha chatice)

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism