JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

30 de jan de 2013

Diário de um Estagiário - Alvoroço Judicial

pilha_de_processos“Acorda menina, vem cá menino!”

Com essa frase digna de livros de literatura, que é proferida matinalmente pela digníssima apresentadora Ana Maria Braga, iniciamos mais um Diário de um Estagiário!

Entre os tantos adoráveis, belos e meigos comentários no NED, essa semana um deles me chamou atenção:

“Quem nunca sentou no meio do cartório da Vara para procurar um processo desaparecido (...) não sabe o que é ser estagiário.”

Fiquei pensando: EPIC WIN, isso já aconteceu tantas e incontáveis vezes comigo que de tão normal inclusive nunca nem comentei.

Novidade já é os processos serem encontrados em menos de 10 horas minutos...

Isso se deve ao alvoroço no judiciário, mas de quem é a culpa?

Do estagiário? Do cartorário? Do advogado? De alguém que esqueceu de tomar o “Gardenal”?

Eu diria que a culpa acaba sendo mais do “sistema” do que de alguém em si.

Não é de hoje que se vê que o modo como às coisas funcionam nas varas alheias não é o adequado para a demanda judicial. Aos poucos estão tentando uma reformulação, como se pode notar com a transformação da papelada em processos digitais, tentando sem sucesso acalmar os ânimos no judiciário.

Enquanto isso, todos ficam prestes a ter um ataque de fúria, tanto quem está procurando o processo como quem está esperando pelo mesmo.

Ainda assim, na dúvida, culpe o estagiário.

assinaturachristian

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism