JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

8 de jan de 2013

N.E.D. NEWS – É possível se desaposentar

imageCerca de quinhentos mil brasileiros aposentados continuam trabalhando e contribuindo com a Previdência. Essa situação tem gerado o pedido de anulação do benefício, para que mais tarde seja pedido outro. É a chamada "desaposentação".

Ismael César se aposentou há 18 anos, mas depois disso não parou nenhum dia de trabalhar. Agora, entrou na Justiça para desistir da aposentadoria de R$ 2.200. Quer dar entrada em um novo benefício. “Você sai e entra novamente com um teto maior, eu acho que é justo porque eu contribuí todos esses anos, eu não deixei de contribuir mesmo sendo aposentado".

Segundo o Conselho Nacional de Justiça, 70 mil brasileiros aposentados procuraram a Justiça para pedir a chamada "desaposentação". 
 
O STJ já reconehce que é possível a renúncia de um e a concessão de outro benefício mais vantajoso somando o tempo de contribuição posterior àquele primeiro benefício. No entanto, quem vai decidir a questão é o STF.

O conselho para evitar arrependimento, é se informar e fazer os cálculos antes de dar entrada no benefício. 

Hoje, um aposentado no Brasil pode receber entre um salário mínimo e R$ 3.918,16, que é o teto máximo pago pela Previdência.

A aposentadoria pode ser requerida pelo critério da idade. Para os homens, no mínimo, 65 anos e para as mulheres, 60. É preciso que tanto um quanto outro tenha contribuído com a previdência por 15 anos, pelo menos. O que garante um benefício correspondente a apenas 70% da média de contribuições.

Outra forma de se aposentar é por tempo de contribuição. São 30 anos para as mulheres e 35 para os homens. É importante saber que, quanto mais jovem, menor vai ser o valor da aposentadoria, por causa do chamado fator previdenciário.

Se aposentar “É uma fórmula matemática que considera a idade, o tempo de contribuição e a expectativa de sobrevida", explica Enio Ponte Mourão, advogado OAB do Ceará.

Uma mulher de 50 anos, com uma média salarial de R$ 3.918,00 e que tiver contribuído por 30 anos, vai receber uma aposentadoria de aproximadamente R$ 2.265,47. Com 58 anos, a aposentadoria passaria para R$ 3.045,49.

A maioria das pessoas só consegue descobrir exatamente quanto vai receber de aposentadoria quando vão a uma agência do INSS solicitar que seja feito o cálculo. Como muitos fatores são levados em conta, cada caso precisa ser analisado. Se você tem condições de esperar, você trabalha mais e tem uma idade maior para requerer sua aposentadoria, vai ser muito mais confortável.

Fonte: globo.com

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism