JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

4 de fev de 2013

Diário de um Postulante – Sabichões Jurídicos

gremlins2_2Bom dia nobres ... Acredito que assim como eu, nessa semana que passou, muitos aprenderam direito penal, só que ao contrário! Desde a tragédia em Santa Maria, brotou em cada “cerumano” um operador do direito cheio de opiniões doutrinárias e nenhum conteúdo.

Na TV, rádio, internet, na padaria, no açougue, enfim, em todos os lugares, você não ficava a salvo, era um tal de falar de dolo, de culpa, de cabimento de prisão, que até cansava. Nunca vi tanta besteira dita em tão curto espaço de tempo. Uma rede de TV ai conseguiu até levar um dito jurista fodão para dizer que o crime era de competência Federal (quando assisti essa entrevista eu quis largar o direito, pensei seriamente em vender coco na praia, assim, eu não me decepcionaria mais com os profissionais da classe).

Respeito, solidariedade e preocupação com a dor dos outros pra que? Dor alheia é bobagem, o legal é julgar, apontar, condenar e também aparecer na TV, rasgar o código penal, falar merda e mandar beijo pra mãe! Sem contar que foram tantas horas de “furo de reportagem”que nem faziam mais questão de disfarçar que o interesse ali era audiência-anunciante-lucro. A ética manda lembranças gente!

Surgiram tantos juízes, advogados, promotores, delegados ad hoc, que eu fiquei realmente com inveja do quanto às pessoas conheciam do direito. Mentira! Fique com “inveja” porque passei 5 anos na faculdade e atualmente perco noites de sono e finais de semana para aprender, sendo que poderia usar o método tabajara de aquisição de conhecimento jurídico desses nada conhecedores das leis. Será que é por osmose que as pessoas “aprendem” tanto?

Aquele ditado popular “de médico e louco todo mundo tem um pouco” deveria ser editado. Deveria ser algo assim: De médico, intelectual do direito e louco todo mundo acha que tem muito! (desculpa se não rima).

Analisei (não sou ninguém pra analisar nada eu sei) o efeito das tragédias de repercussão nacional sobre povo e cheguei a uma triste conclusão. Essas fatalidades têm efeito negativo tal qual a água sobre os Gremlis (se vc não conhece das duas uma, ou você é muito juvenil ou eu que sou muito velha acho que sou velha mesmo). Todo mundo é fofinho bonzinho, entretanto, bastou acontecer uma fatalidade dessas para multiplicar uma gama infindável de monstrinhos julgadores, desordeiros e aproveitadores. Percebi também que tem gente que até torce para acontecer algo do tipo para poder ter o que falar e parecer inteligente.

É triste isso viu!

Mas, como não posso mudar a realidade, sigo aqui estudando ... agora faltam apenas 20 dias para o exame da OAB e eu informo que estou entrando em pânico.

Ps. Comprei meu vestido de formatura, agora só preciso vender o rim no mercado negro para conseguir pagar. Caso alguém se interesse, ele está em ótimo estado, e vem com opcional “pedras no rim” grátis!! ;P

assinaturamari

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism