JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

13 de fev de 2013

Extra Petita – Carnaval ame-o ou odeie-o

melindrosa♫ É (era) carnaval, é a doce ilusão, é promessa de vida no meu coração ♫

Se vossa pessoa não gosta de carnaval não deve saber que iniciamos o texto de hoje com um belo samba enredo da Estação Primeira de Mangueira, cantado brilhantemente pelo intérprete Jamelão no ano de 1992, porém para a felicidade de muitos, nós estamos na quarta feira de cinzas, o que significa que o carnaval acabou, exceto pra você que mora na Bahia.

Acho que nunca vi tanta revolta no facebook por causa de um simples feriado (que nem feriado é), eu não consigo entender essa mania que o povo tem de querer denegrir ou diminuir tudo o que não gosta!

Porra, não gosta de carnaval, dá pra simplesmente falar que não gosta e ponto? Mas não, a galera vem com “os pé no peito”, diz que o carnaval é uma baita de uma putaria onde o pessoal “mija” na rua, todo mundo “trepa” com todo mundo, o consumo de drogas é liberado e em excesso e pessoas bêbadas são a totalidade na festa da carne.

Ó gente não sei que tipo de carnaval vocês estão indo, ou se vocês apenas acham isso porque o Silas Malafaia falou, mas ó, o carnaval não difere muito de nenhuma balada que tem por ai nos dias normais, tem bêbado, tem gente que usa droga, tem gente que dá na primeira noite, MAS, também tem gente que vai pra se divertir e curtir uma noite com os amigos e usa o banheiro quando quer mijar!

Depois de ouvir todo o sermão eu penso, “ok, já fez o seu mimimi sobre o carnaval, agora cala a boca né”, só que não é assim que as coisas funcionam, porque a noite começam os desfiles das escolas de samba na televisão, e aí as pessoas começam a falar: ah começou a bundalização, um monte de mulher pelada rebolando, todo ano é a mesma coisa, e o governo ainda despeja uma dinheirama no rabo dessas escolas , dinheiro este que deveria ser usado pra construir um hospital!

Eu não discuto com essas pessoas, via de regra são as mesmas que chamam a globo de rede esgoto e que usam a frase “eu li numa revista” e esses seres eu desprezo. (eu ia escrever li na veja, mas vocês iam falar que eu sou um petistazinho de merda e tal então não falei)

Já aprendi que por mais que eu tente usar um argumento lógico e coerente, não vai colar. Não quer dizer que eu tenha razão e que o carnaval deve ser mantido e tal, mas pessoas que já tem esse preconceito do carnaval não irão mudar de ideia nunca.

Mano, não gosta da farra, aproveita o feriado, vai pra montanha, se tranque no quarto, compre um livro, mas porra, deixa quem gosta da festa se divertir, porque até onde eu sei, se divertir não é proibido e nem foi tipificado no código penal, logo, aceite que pessoas tem gostos diferentes dos seus e cale-se, ocorre que essa galera do contra NÃO se cala.

Então pra não estragar o meu carnaval, EU me calo, coloco minha fantasia de melindrosa e corro pro abraço, na real esperança de que pelo menos a parte do “as mina pira e dá pra todo mundo seja verdade, porque eu tô solteiro e cada vez eu quero mais.

Assim, amigos do lado negro da força, quando te perguntarem se você não vai pular o carnaval, diga apenas que não, se quiser pode até falar que prefere ler um livro, mas por favor, não tente me convencer que é a festa da perdição, das bebidas e do sexo fácil, porque com esses argumentos você só estará atiçando ainda mais a minha vontade. Porque ó, sou desses que curte o carnaval!

Bêjo!

AssinaturaLivan

(qualquer coisa me segue no twitter ou me segue no facebook)

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism