JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

11 de mar de 2013

Diário de um Postulante – Extra Petita?

imagem 26Bom dia nobres.. Como disse semana passada, até sair o resultado do exame da ordem, falarei sobre temas diversos.

Pauta do dia: INTERNET, PESSOAS E CONFUSÕES!

Antes da evolução tecnológica , acredito que a vida era mais simples, e mais pacata. As redes sociais chegaram pra ficar e com elas, alguns problemas também. Com toda essa facilidade, as pessoas passaram a se comunicar mais (virtualmente), e, infelizmente, passaram a se expor mais . É bem comum ver fotos de novinhas quase nuas, barracos por conta de traição, falta de pagamento de pensão alimentícia, ofensas de toda sorte.

Dia desses, estava eu no facebook, e li uma postagem da ex namorada chamando o ex de “viado” e demais xingamentos que evidenciavam uma corneada. Antigamente, o máximo que ela faria seria contar pra meia dúzia de amigos e pouco tempo depois, esse assunto se tornaria “proibido” e ninguém mais falaria na frente dos envolvidos. Porém, como a internet, muitas pessoas tomaram conhecimento do barraco, inclusive a filhinha dele, que foi marcada na postagem ofensiva. Antes do recurso “marcar amigos” tenho a impressão que as pessoas usavam mais uma coisa chamada “ bom senso”.

A internet desperta uma certa coragem nas pessoas, mas não é uma coragem boa. É uma coragem que impede o bom senso e bloqueia o respeito e faz as pessoas dizerem coisas que ao vivo jamais ouviríamos. Outra coisa que eu percebi é que, cada vez, mais as pessoas tem usado a internet como válvula de escape.

Uma seguidora do NED, numa postagem que foi palco para uma guerra de vaidades e rolou até uma competição para ver quem era o politicamente correto mais imbecil on line no facebook, fez um comentário genial que esclarece bem essa questão de válvula de escape, pra ela tem pessoas que ficam tristes porque o domingo acabou, ou que querem descontar a frustração de uma falta de ereção, o chifre recebido, ou até mesmo a insatisfação com o time de futebol e não tem como extravasar e passam a disseminar gratuitamente seus ódios e frustrações na internet. Concordo plenamente com ela.

Longe de mim querer ser a guardiã dos bons modos internéticos, mas eu penso que antes da internet se alguém tinha uma má conduta só quem sabia era quem estava perto, com a internet não, toda porcaria postada fica eternizada. Essas fotos, frases de ódio, essas opiniões carregadas de intolerância e falta de humor ficarão ali ... e amanhã talvez possam ser usadas contra que as proferiu. Digo por experiência própria, mas que por hora não vem ao caso.

Olha um exemplo, antes do julgamento do Goleiro Bruno o advogado, que ainda não estava atuando no caso, mas, que depois fora contratado, postou em seu twitter vários comentários sobre o caso, inclusive chegando a apostar uma caixa de cerveja se o Bruno não ia ser condenado a 38 anos. Ele foi contratado logo após. Profissionalmente pode não ter interferido na hora, mas, a imprensa caiu matando e querendo ou não, advogado trabalha com o nome, e ter o nome vinculado a uma imagem ruim significa menos clientes e menos dinheiro.

Bom seria se as pessoas pensassem mais antes de sair usando e abusando da internet, afinal sempre tem um que usa os recursos Ctrl C, Ctrl V, print screem quando menos se espera.

Cautela, canja de galinha e uma conta bancária igual ao do Eike Batista não faz mal a ninguém!

assinaturamari

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism