JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

16 de abr de 2013

Diário de um Estagiário - Ler é essencial

lendo1Olá pessoas!

O tema dessa semana é: leitura.

Como já diria uma frase atribuída a Voltaire: “A leitura engrandece a alma”.

Fazendo uma nostálgica viagem a um passado não tão distante, deve ser possível ouvir por entre seus pensamentos a voz daquele tio com pendências criminais ou da tia com o cunhado do vizinho do primo advogado proferindo a seguinte frase:

“Vai fazer Direito? Iiiih, vai ter que ler muito viu...”

Por mais que tal conselho tenha procedência realmente muito duvidosa, é a mais pura realidade.

Porém, tal fato não deve ser levado como um ônus do curso, afinal, há alguma desvantagem na leitura?

Para alguns sim.

Muitos se enaltecem por passar o curso inteiro sem ler nada, se gabando por levar a faculdade “nas coxas”.

Tais pessoas são as mesmas que responderiam: “concerteza não é preciso ler pra fazer Direito”.

Além de melhorar o lado intelectual a leitura também melhora a escrita e o vocabulário, virtudes interessantes no atual momento que todos estão vivendo, vez que as redes sociais imputam o nível de inteligência e uma a cada cinco pessoas se torna filósofo de mesa de bar, revolucionário de sofá ou coxinha pseudointelecutal do dia para noite.

“Ai Christian, mas se eu ler mais um texto do Venosa ou do Capez acho que infarto, pior ainda esses livros do Miguel Reale, parece um novo remédio contra a insônia, faz dormir 3x em 10 páginas.”

Calma nobre colega, não é necessário ler apenas doutrinas, você pode ler coisas com relevância jurídica como jurisprudências ou artigos, até folhear os processos no estágio já ajuda.

Por outro lado, se você gosta de Harry Potter livros de ficção ou a única coisa que lê são livros de autoajuda, não tem problema!

Mesmo que tal leitura não tenha “sintonia com direito" já é melhor que nada, pois já agrega a mente opiniões e frases que impregnam tal como bordões do Chaves, a vinganca nunca é plena mata a alma e a envenena.

Para quem quer diversificar um pouco e deixar de lado as doutrinas indico o livro “Os 7 minutos” do Irving Wallace.

No mais, boa leitura!

assinaturachristian

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism