JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

31 de mai de 2013

As redes sociais e a preguiça de pesquisar

tiobenMuitos dizem que a internet veio para facilitar a vida de todos, e é bem verdade mesmo, pois agora é possível fazer compras sem sair de casa, os trabalhos de escola/faculdade ficaram molezinhas com o advento do Ctrl+C e Ctrl+V, sem falar que a pornografia ficou muito mais acessível. \o/

Entretanto, como dizia o tio Ben (aquele do Homem Aranha), com grandes poderes, vêm grandes responsabilidades e tal qual uma bomba atômica nas mãos de um vilão das histórias em quadrinhos, a grande maioria das pessoas usa a internet de forma totalmente equivocada.

Ouso dizer que uma maioria esmagadora dos usuários da internet (me incluo nessa maioria) desconhecem os principais sites para pesquisas acadêmicas (wikipedia, e yahoo respostas não valem) e usam a internet basicamente para acessar as redes sociais e mandar e-mail.

As inovações ainda que benéficas, podem causar alguns prejuízos às nossas vidas e um grande exemplo disso é o controle remoto, que foi inventado para dar mais comodidade aos telespectadores, mas tal invenção acabou por elevar em 12% o índice de pessoas obesas por conta da falta de exercícios. Tá, eu sei que é duro acreditar que as pessoas engordaram só porque deixaram de se levantar pra trocar o canal da TV, mas é a pura verdade e foi comprovado cientificamente.

Pois bem, a internet é o controle remoto da atualidade, as pessoas estão esquecendo como se pesquisa, como se faz um trabalho de faculdade, como se elabora um contrato ou uma petição qualquer, tudo por conta da preguiça que impera. Aí cada vez mais estamos despreparados para a prova da OAB, para o mercado de trabalho e até mesmo para a vida.

As pessoas tem preguiça de abrir a porra do Vade Mecum ou acessar o site do Planalto para verificar uma questão qualquer, só que ao invés de fazer essa rápida “investigação” elas preferem entrar no facebook, se juntar a um grupo de discussão qualquer e perguntar o que acontece se uma mulher grávida for demitida sem justa causa.

Antes de perguntar, leia a CLT, a Constituição ou o caralho a quatro, mas antes de deixe de preguiça e procure saber a resposta por conta própria, aprender é melhor que apenas copiar, fazer uma petição é mais útil do que adaptar de um modelo que foi encontrado na internet. É desse jeito que a gente aprende, é desse jeito que a gente cresce. RALANDO, se matando pra saber responder questão A ou B e não buscando evitar a fadiga copiando as coisas por aí.

Antes que a patrulha do ‘não sei interpretar texto’ me ofenda, digo que não sou contra pesquisas na internet, o que me incomoda são as pessoas que preferem copiar ao invés de elaborar, que perguntam e não pesquisam, isso realmente me deixa irritado, pois isso tem um nome e inclusive é pecado: PREGUIÇA

E essa preguiça impera nos dias de hoje, ao ponto de um advogado se dar ao luxo de entrar nas redes sociais e pedir modelo de mandado de segurança ou ação de repetição de indébito ou fazer questionamentos básicos sobre leis e que bastaria uma leitura rápida de um artigo ou dois para sanar a dúvida.

Perguntar antes de pesquisar é coisa de advogado desocupado, preguiçoso e burro! Foda-se se você copia e está ofendido, desculpe a sinceridade, mas se você se utiliza desses métodos pra evitar trabalhar ou estudar, lamento dizer, mas vossa pessoa é merecedora dos três adjetivos citados acima.

AssinaturaLivan

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism