JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

25 de jun de 2013

Criticar é fácil

imagesEm tempos de jogos da seleção brasileira de futebol as pessoas tornam-se críticas e passam a ocupar o cargo de técnico ainda que nunca tenham chutado uma bola na vida, tanto que um cidadão uma vez disse que o país tinha 22 jogadores e 200 milhões de técnicos.

As pessoas dão pitacos, fazem reclamações e xingam muito no twitter por conta de algo que as desagradem, mas engana-se você que pensa que só existem criticas quando se trata de futebol, os críticos estão em todos os lugares e não tem o menor pudor em apontar as falhas alheias.

Por conta das redes sociais tais críticas são amplificadas e o que no início era um zumbido que não incomodava passa a ser um grito ensurdecedor e que atrapalha demais. E além de atrapalhar, algumas dessas reclamações enchem o saco, pois muitos nao são comedidos em seus argumentos e extrapolam o liame entre crítica e ofensa.

Se algo não está do agrado de um cidadão isso não significa que tal coisa necessariamente seja ruim, contudo, basta não gostar para que uma chuva de críticas comece.E pra piorar a situação, os entendedores de todos os assuntos do universo, estes seres ainda dizem que estão fazendo uma crítica construtiva!

Muitas vezes as mais duras e ofensivas reclamações são "oferecidas" sem que alguém as peça, mas ainda assim elas são dadas. Não sou daqueles que defedem que só pode criticar quem tem conhecimento de causa, pois se assim fosse ninguém poderia falar sobre nada, ademais eu não preciso saber fazer bolo de chocolate pra saber que um está ruim quando como.

Porém também não vou chegar e falar: olha amiga seu bolo de chocolate tá uma merda, acho que este é o pior bolo que eu já comi na vida.

Isso não é crítica construtiva nem aqui nem na China, isso é uma ofensa pura e simples, se fosse construtiva seria diferente, talvez indicando que ingredientes colocar e quais tirar ou coisas do tipo.

Fez a prova da OAB e reprovou: puta como é burro, era só acertar metade! Bateu o carro: mas é uma anta mesmo, não sabe dirigir? Fez um texto ruim: que merda, perdi 10 minutos da minha vida. E aquela história de que não devemos nos abalar com as críticas é pura balela, porque quem é criticado fica puto, com vontade de ofender os familiares, e partir pra ignorância, portanto meus nobres e caros amigos, quando fizerem uma crítica "construtiva" e ouvir um "vamos tentar melhorar" entenda-se "queira se dirigir à pqp".

AssinaturaLivan

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism