JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

5 de jun de 2013

Petição dos Memes

memeIlmo. Sr. Delegado de Polícia do 69 Distrito Policial da Comarca de Forever Alone Estado de Memelândia.

Manolo da Silva Sauro. Brasileiro, solteiro, profissional liberal , RG n. 12369692411, CPF n.10341254880,residente e domiciliado na rua Chegou Tarde, 01, nesta cidade, vem, respeitosamente, perante V. Sa., com fulcro no art. 5º, II, do Código de Processo Penal, requerer a

Instauração de inquérito policial para apuração de crime

Dos fatos

Eu Manolo da Silva Sauro tenho um irmão gêmeo , chamado Memes da Silva Sauro , o qual sempre morou na minha cidade natal , Bocó Rapado ,a qual deixei a muito tempo atrás , mais ou menos 11 anos que eu não encontrava meu irmão , até que no dia 06/ 09/2011 , eu chego em casa mais cedo , do trabalho , por causa da greve aqui na capital , e tenho uma baita surpresa , encontro minha namorada Derpina e meu irmão Memes na cama .

“Não é nada disso que você está pensando”, foi o que ele me disse , quando acordou e me viu paralisado , ali na porta do quarto vendo aquela cena, logo após acordou ela, que olhava para mim, e para ele sem entender nada, com cara de espanto, pensei então que a culpa era minha, pois nunca tinha falado para Derpina que eu tinha um irmão gêmeo , mas também o safado , não poderia ter feito isso comigo , deveria ter avisado ela, que ele apesar de se parecer comigo da cabeça aos pés , não era eu .

Percebi que a hora que Derpina acordou, Memes se espantou , como um rato assustado ele se esquivou , chocada ou desesperada , Derpina se descabelou , e tentava falar alguma coisa , mas nada saia de sua boca , eu pensei comigo “QUE PORRA É ESSA ?”

Não é nada disso que você está pensando, eu ouvi novamente, agora de Derpina, que gaguejando tentava começar a dar a sua versão dos fatos:

- Eu pensei que ele fosse você, eu juro! Não tenho culpa! Disse ela, como Derpina é acadêmica de direito começou a chorar a bater em Memes, dizendo:

“estupro, seu safado, você me estuprou, estupro mediante fraude, safado, monstro, como você pode fazer isso comigo, seu tarado”.

Meu irmão assustado, e acuado devido tantos tapas, teve a chance de falar alguma coisa , quando ela já não tinha mais forças , então ele falou:

“Espera ai moça, o estuprado nessa historia sou eu! sua louca , faminta sexual , sua ninfomaníaca , olha o meu estado , veja o que fez comigo , algemas , mordaças , eu não tive chance de me defender , a vitima nessa historia sou eu ”

Mais uma vez eu pensei que o culpado era eu, eu que pedi para Derpina apimentar a nossa relação, talvez se eu não tivesse pedido, nada disso teria acontecido.

Fiquei ali ouvindo as acusações de um ao outro, afinal quem era o estuprador, quem era a vitima? Derpina novamente entre choros e resmungos, dizia :

“ Não existe forma culposa , você é o estuprador , eu sou a vitima , estupro mediante , fraude , eu pensei que você era ele”

Memes , rebatia :

“não venha com essa, quem vai decidir quem é vitima ou não, é o juiz, e com certeza a vitima de toda essa historia sou eu , eu não queria , foi contra a minha vontade, você me forçou, não me deu chance de defesa, graças a Deus que a lei mudou, você não vai ficar impune, sua estupradora”
Pensei comigo: “AGORA A PORRA FICOU SÉRIA” diferente de outros casos e acasos, onde se tem uma verdade e uma mentira, eu estava ali com certeza, diante de duas verdades, duas razões, eu já estava me sentindo culpado por tudo aquilo , queria acalmar ambos , tentar passar uma borracha naquele mau entendido todo , mais um acusava o outro de estupro ,e eu não sei quem estuprou quem , só sei que descobri que a vitima nessa história toda fui eu , quando ambos ao mesmo tempo me falaram :

“CALA A BOCA SEU CORNO”

Como que eu não havia pensado nisso antes, fiquei com fama de corno, minha moral foi estuprada!

Do Pedido
Diante os fatos eu Manolo da Silva Sauro, através desse , reclamo contra Derpina Troll dos Santos ,e Memes da Silva Sauro , os quais , atentaram contra minha dignidade ,afetando minha vida social, minha moral me causando vários problemas , como apelidos , e outros constrangimentos ,os quais acho cabível a reparação por dano moral.

Memelandia, 06 de junho de 2013

Willian Adriano Trancos

OAB: um dia terei

 

Elaborada por Willian Adriano Trancoso

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism