JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

20 de jun de 2013

Quanto custa um protesto?

sarroNas últimas semanas o povo brasileiro deu mostras de seu poder indo para as ruas protestar por várias coisas, e dentre outras coisas, um pedido recorrente era o elevado valor das passagens de ônibus e metrô e diante de muitas palavras de ordem, ameaças e alguns casos de vandalismo (poucos, mas que maculam uma manifestação ordeira e pacífica) inúmeras cidades brasileiras que haviam aumentado o valor das tarifas recuaram e se não diminuíram os valores ao menos retornaram aos patamares anteriores e cancelaram o aumento.

Porém, agora nos resta saber a que custo esse "não aumento" virá, pois é praticamente certo que as empresas concessionárias do transporte público não ficarão no prejuízo.

E aí por conta de um clamor popular extremamente poderoso os políticos tremem em suas bases e atendem o apelo da galera só pra manter a fama de bom moço.

Já dizia o velho ditado que amar não é apenas dizer sim e às vezes é preciso ser macho, botar o pau na mesa e falar não! É difícil chegar na TV e falar: "não vai adiantar fazer protesto porque nós fomos incompetentes na hora de fechar o contrato de concessão com as empresas de transporte e agora se não subirmos o valor das passagens a gente vai ter que pagar essa conta tirando dinheiro da saúde".

Além disso temo pelas eventuais represálias que podem acontecer por parte das empresas de transporte, do tipo: ah não deixaram subir o preço, vou reduzir o número de ônibus nas ruas e o povo que se foda, ou então algo assim: vou demitir funcionários só pra falar que é impossível manter a "qualidade" sem aumento na passagem. Já ouviram falar que a corda sempre estoura do lado mais fraco?

Pois bem, adivinha só quem vai se dar mal: você ou o dono da empresa de ônibus?

A resposta vem à seguir: alguns municípios ja se declararam incapazes de suprir esse desconto nas passagens sem prejudicar outras áreas (minha querida Campinas é uma delas) e isso vai prejudicar DIRETAMENTE outras áreas cruciais da cidade, remédios poderão faltar, a indústria das multas pode começar a produzir mais e assim por diante.

Ser arquiteto de obra pronta é fácil, mas ainda que eu entenda e respeite quem se manifestou e foi para as ruas, acho que isso não vai mudar nada,  não acho que tem político com medo do povo, não acho que os corruptos irão roubar menos, e nem acho que a qualidade dos transportes irá melhorar e ó, a copa do mundo será aqui no Brasil por mais que isso te desagrade, mas agora não é nem inteligente protestar contra a competição de futebol, os estádios já estão prontos, a roubalheira já aconteceu, ai voce quer tirar a parte boa, em que os jogos acontecerão e os turistas virão gastar seus euros em acarajés, caipirinhas e prostitutas?

Fazer protesto requer habilidade e foco, e por mais que me doa escrever isso, pois eu realmente gostaria de ver uma mudança radical no meu país, honestamente acho que que essas manifestações recentes só vão fazer bem pro ego do brasileiro que vai achar que fez um bem enorme para o país, quando na verdade tudo vai continuar do mesmo jeito que era antes, igual foi com o abaixo assinado do Renan Calheiros, dos políticos fichas sujas e tantas outras coisas que só duraram 15 dias.

E não são apenas vinte centavos, até porque pagaremos muito mais do que isso.

AssinaturaLivan

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism