JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

17 de jul de 2013

Mais um domingo, mais uma prova!

 

Você, nobre mortal, que mal pode sentir o cheiro da sexta-feira que já sai por ai postando desenhos bonitinhos nas redes sociais a respeito do suposto mais aguardado dia da semana não me representa.apresentacao_ned

A sexta-feira mal se aproxima e meu desespero triplica pela proximidade do domingo, e a cada semana que se inicia/termina (depende do seu ponto de vista, cidadão) lá se vai para o alto mais um edital, mais uma sala com cadeiras-com-braços-com-síndrome-de-mesa, ventiladores quebrados, muito pó de giz, calor-de-churrasco ou frio-de-edredom-filme-e-pipoca (porque não existe temperatura agradável para fazer prova), exposição à toda sorte de vírus, e muita, mas muita mesmo, vontade de lembrar tudo aquilo que se tem certeza que foi estudado, mas por algum motivo não está mais ali para acesso.

E, de certo, no último domingo lá estava eu nas já citadas condições concorrendo a uma vaga para Polícia Civil - Atendente de Necrotério. Por óbvio nos altos dos meus dez anos de idade eu nunca diria que meu sonho era ser atendente de necrotério (talvez eu já dissesse que seria delegada... hahaha), mas assumo que ganhar R$2.500,00 reais por mês com os benefícios da carreira pública não me desagradam.

Minha meta inicial é passar em um concurso para Delegada (é, eu gosto do trabalho sujo) e por isso assumo que não importa qual o departamento da Polícia Civil que eu tô lá. A idéia é bem simples e aposto que todos já sacaram: o importante é estar lá dentro!

No entanto, como boa concurseira e amante da Polícia, semana que vem rumarei à São Paulo (capital, tô chegando!) para o concurso de Escrivão da Polícia Federal e até lá só me resta ralar o cérebro.

Até mais!

AssinaturaVeronica

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism