JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

27 de ago de 2013

54% dos advogados odeiam os seus empregos

Em mais uma dessas pesquisas inúteis realizadas por um instituto que não serve pra quase nada, exceto elaborar pesquisas que não mudam em nada a vida da população, foi constatado que quase metade dos entrevistados odeiam os seus empregos. O índice correto aponta que 48,6% das pessoas se disseram infelizes com os seus empregos, e por conta disso não se sentem motivados a acordar todos os dias para trabalhar, bem como não possuem boas perspectivas para o futuro.

Quando a pesquisa foi desmembrada, o índice mudou quando se tratavam de advogados, estagiários e assistentes jurídicos, pois aí o índice dos que odiavam o trabalho se elevou para 54,9%.

Em momentos como esse, eu me pergunto por que raios eu não estudei para ser pesquisador ao invés de ser advogado, porque porra, deve ser o emprego mais molezinha do mundo, pois nem precisa manjar muito de pesquisa pra saber que metade dos seus colegas de escritório não gostam do trabalho atual.

Ninguém ou quase ninguém gosta de trabalhar para os outros, é deveras foda ter horários pra cumprir, ter que dar satisfação pra chefe por ter demorado 15 minutos a mais no almoço, pior ainda é você fazer um puta de um trabalho, desenvolver uma tese marota, conseguir uma ação favorável e aí quando sair no jornal o feito atingido, vai sair o nome do dono do escritório dizendo que o escritório prima pela excelência e tal e nem mencionar o seu nome.



É mais foda ainda você ver o dono do escritório comprando uma Mercedes AMG S63 Bi-turbo graças a grana que ele tá faturando com a sua tese, e você andando de carro popular ou pegando metrô! É complicado!

Porém, são coisas da vida meu nobre e caro colega, se a vida não sorriu pra você espontaneamente, seja um ogro e faça ela sorrir à força. Estude, especialize, batalhe, ature chefe mala, aguente a pressão, torne-se um expert na arte de engolir sapos (não seja hipócrita e arrogante ao ponto de achar que pode questionar todas as decisões de seu superiores, porque NÃO PODE!)

Ademais, reclamar faz parte da vida, e por mais que os psicólogos digam o contrário, acho que reclamar da vida faz bem, a gente põe pra fora as frustrações do dia a dia em forma de protesto, até porque a gente reclama de tudo mesmo, do time de futebol, da esposa, do cachorro, do preço do tomate, porque não falar mal do trabalho e do seu chefe.

Apenas lembre-se de uma coisa, pois já dizia o velho ditado: “é melhor pingar do que secar”, logo, vale mais você ter um emprego pra poder reclamar do que ser obrigado a se calar por estar desempregado, assim, cuidado ao sair falando mal de tudo o que acontece no seu trabalho, e por mais que você não goste ou não queira estar onde está, faça tudo com qualidade e competência, pois quem sabe assim, a vida poderá lhe abrir um largo sorriso.


Porque de sorriso amarelo ou banguela, a gente quer distância!


Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism