JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

13 de ago de 2013

Advogados morrem mais cedo.

Em recente pesquisa realizada por uma dessas faculdades que só fazem estudos idiotas e que não nos levam a lugar nenhum, foi constatado que a advocacia é uma das profissões mais perigosas do mundo. E não, não é porque alguns de nossos nobres amigos causídicos atuam junto a presídios, delegacias e com milícias. A periculosidade a que se refere à pesquisa diz respeito aos males que o labor advocatício causa na saúde dos operadores do direito.

Segundo a pesquisa, os advogados só perdem em “qualidade de vida ruim” para as pessoas que falam sufá, bulacha e procê, ou seja, os mineiros, rá beijo pra você que entendeu a piada, e para os operadores de telemarketing.

sedentario

Assim, diante desta pesquisa, duas coisas me vieram à mente, a primeira é que eu perco muito tempo do meu dia lendo porcarias, e com esses momentos poderia fazer coisas muito mais úteis, tais como assistir filmes eróticos, jogar vídeo-game ou dormir, e a segunda coisa que pensei foi: FODEU!

A pesquisa aponta alguns dos principais agravantes que prejudicam o bem estar dos causídicos, e dentre eles, destaco o sedentarismo, a elevada carga horária de trabalho, o consumo excessivo de café e bebidas alcoólicas e o alto nível de stress a que são submetidos no dia a dia.

Se eu fosse fazer um checklist ali em cima, eu diria que exceto pelo elevado consumo de café, já que não tomo tal bebida, e também por não consumir bebidas alcoólicas em excesso, (apesar de consumi-las) o resto eu to lindamente incluído, haja vista que tem uns 10 anos que nem pra padaria que fica a 300 metros de casa eu vou a pé, acordar as 06:30 e voltar pra casa depois das oito da noite “deve” ser considerado uma carga de trabalho elevada, e o stress eu nem preciso comentar, pois este faz parte da vida dos advogados.

Assim, meu nome deve ser presença constante na listinha dos propensos a um ataque do coração, ou um piripaque qualquer, acredito que o nome de tantos outros também devam estar, deste modo, existem algumas coisas que podemos fazer, uma das mais importantes é parar de beber e começar a praticar exercícios físicos, mas como eu sou preguiçoso, preciso pagar as contas, logo não vou diminuir a carga horária e gosto muito de dar uma bebericada numas vódegas suecas aos finais de semana, eu optei pelo método mais fácil e que me cansa menos.

Tô rezando todo dia e pedindo pra não morrer tão cedo!

AssinaturaLivan

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism