JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

12 de nov de 2013

Ex-mulher do rei do camarote entra na justiça para aumentar pensão alimentícia

Ao que tudo indica, o inferno astral de Alexander de Almeida está só começando, após notícias de que o empresário de 39 anos, que ficou conhecido como "rei do camarote", havia sido citado duas vezes na polícia como suspeito de agressão, uma contra a filha adolescente e outra contra sua então mulher, eis que agora surge a informação que fora apresentado junto à 21a Vara da Família de São Paulo, um pedido de sua ex-esposa requerendo a majoração da pensão alimentícia que o empresário paga às suas duas filhas.

A vendedora Cláudia Siqueira Mendes, que foi casada com o empresário, alega que atualmente recebe cerca de R$ 900,00 (novecentos reais) por mês à título de pensão para as duas filhas.

Em entrevista concedida à reportagem, Cláudia disse que não fazia ideia que o “rei do camarote” andava esbanjando tanto na noite paulistana, pois há vários meses o empresário vem atrasando o pagamento de sua obrigação.

A vendedora afirma ainda que pouco sabe da vida do ex, uma vez que ela não tem mais contato com ele e só ficou sabendo dos abusos de Alexander pela internet, como a maioria das pessoas.

rei-1

“Não posso dizer que foi um choque, porque já esperava isso dele, afinal ele nunca ligou muito para a filha, não me espantou saber que ele prefere pagar champanhe a uma desconhecida do que amparar sua própria filha.”

A mãe das adolescentes revelou que o empresário sempre foi um pai ausente e nunca deu atenção às filhas.

“Andaram dizendo que ele tinha a guarda das filhas, mas isso é mentira, e ele não as visita desde julho deste ano.”

No entanto, ela disse que não vai falar mais sobre o assunto em respeito as suas filhas. "Uma tem só 13 anos e é uma adolescente. Então, em respeito a elas vou preferir não falar nada neste momento. Na hora certa, eu digo alguma coisa", explicou.

A advogada de Cláudia, a Doutora Adriana Moreira disse que entrou com o pedido de majoração de pensão alimentícia e vai usar a reportagem da Veja  como prova para elevar os valores pagos.

O novo valor exigido pela advogada seria de R$ 30.000,00 (trinta mil reais) mensais, não foi considerado elevado pela mãe das jovens, que afirma que este valor é muito menor do que ele gasta em apenas uma noite com bebidas e comidas finas para mulheres desconhecidas

Os advogados de Alexander preferiram não comentar o caso e disseram que vão se manifestar apenas em juízo.

O empresário também preferiu o silêncio, e após a grande repercussão do vídeo divulgado pela revista Veja, Alexander apagou páginas que mantinha nas redes sociais e não concedeu mais entrevistas.

A veracidade da reportagem foi contestada por muitos internautas, que suspeitaram que a história seria uma ação publicitária, um site de humor chegou a afirmar que Alexander na verdade era um estudante de direito. Em resposta, a "Veja São Paulo" publicou em seu site um texto em que reafirma as informações publicadas na revista.

A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de SP (TJ-SP) informou que não poderia dar informações sobre o processo que a ex-mulher de Alexander move contra ele porque a ação está sob segredo de justiça.

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism