JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

5 de nov de 2013

Os 8 Mandamentos do Rei da Advocacia.

8 mand

1- “Roupa grife”: Você tem que se vestir com os melhores ternos, das melhores grifes. Usar terno da Armani pra fazer audiência no Juizado é essencial. Abotoaduras Bvulgari da 25 de março e aquela caneta Mont Blanc que você pagou 10 reais no camelô também são essenciais para agregar valor aos honorários. 

2- “Carrão”: Você tem que ter um carro. Um carro potente. Na verdade não precisa ser potente, o que importa é ter uma chave bonita, grande e escandalosa para chamar a atenção da parte contrária quando você colocar em cima da mesa de audiências. Chaveiros made in china da BMW, Audi ou Mercedes-Benz são essenciais. 

3- “Camarote” - Quando a pessoa ta no Fórum ela é só mais uma. Agora quando está na sala da OAB tomando café, ela acaba em evidência. O cafezinho na OAB é uma questão de status. E você sabe né, as colheradas de leite em pó e açúcar podem variar de 1 a 5. Praticamente um Starbucks, pura ostentação. 

4- “Serviço Exclusivo”: O advogado sempre tem que ter favores a receber daquele Oficial de Justiça ou Cartorário. Ter um processo mas não conseguir citar a parte contrária ou fazer ele “subir pro gabinete” é como ter um boeing com piloto de teco-teco. 

5- “Segurança”: Segurança é sinônimo de “Guardinha do Fórum”. Um serviço exclusivo que, além de proteger sua integridade física da inveja dos estagiários, ainda fica cuidando do seu guarda chuva na portaria quando chove. 

6- “Famosos”: Para ser o Rei da Advocacia, imprescindível ter no seu convívio diversos juristas, doutrinadores. Além de te fazer ser capa da “Caras” em algum escândalo do jurídico, ainda te honra com convites para os churrascos-ostentação-fora-do-normal do Barbosinha, e pizza no Levandowhisky (sempre com presença de políticos influentes cheios de problemas para resolver). Isso agregar valor a seu Recurso Extraordinário. 

7- “Estagiários”: Estagiários são como mulheres no camarote, você precisa de vários, mesmo não tendo trabalho pra todos. Eu vou falar uma coisa bem pesada e que nem deve ir pro ar, meus estagiários trabalham de graça só pra ter um email com o nome da empresa, é uma questão de status. 

8- “Instagram”: Não adianta ser advogado se você não tiver Instagram pra postar aquela jurisprudência do STJ contrária a decisão de primeiro grau ou aquela sentença julgando procedente seu pedido. Vale também para bater fotos dos processos, das atas de audiência e da cervejinha na casual Friday.

Do nosso colunista Christian Eising Oenning

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism