JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

15 de jan de 2014

DIÁRIO DE UM CONCURSEIRO - FAÇAM DIREITO, NÃO PRECISA LER MUITO

Como o povo é mesmo desocupado, essa semana muitos assuntos estão rendendo pano pra manga, como diria minha avó. Um deles é o vídeo da moçoila que diz que estava no terceiro semestre da faculdade e não leu nenhum livro até então, “e tals“.

Como assim, Bial? O Caso dos Exploradores da Caverna é leitura obrigatória citada nos dez minutos iniciais da primeira aula, no primeiro semestre. Rá!

Durante sua maravilhosa narrativa, a bonita diz que queria um curso que a desafiasse a entender e no minuto seguinte que tinha medo de fazer Direito, porque tinha que ler. Mas que ânsia pelo conhecimento é essa, não?

unnamed

Mas eu estou escrevendo sobre isso aqui mesmo, porque fui obrigada a ouvir que o que ela quer mesmo é seguir carreira jurídica (oi?), “que é prestar concurso para atuar como magistrado, delegado, procurador e promotor de justiça” (sic) na área criminal, porque não dá pra advogar nesta área já que o advogado criminalista é “bem sei lá, sabe?” (sic).

Não, eu não sei!!!!! Me explica, por favor?

Explica também porque passar na primeira fase da OAB e fácil? Eu sou realmente uma anta, fiz essa porra quatro vezes!!!!

Dúvida a parte acho que as pessoas estão sendo muito duras em relação ao desserviço prestado pela moça, afinal de contas ela está incentivando a entrada de pessoas cada vez mais tapadas para os cursos de Direito. No entanto pensem bem: a concorrência diminui.

Quanto mais pessoas dotadas de um grama de discernimento assistir esse vídeo, menor a quantidade dessa classe de alunos em salas de aula e caras enfiadas no vade mecum.

Por fim, reitero a sugestão dela de termos um vade mecum, porque realmente é ótima e nenhum estudante de direito sabe disso, mas como é muito pesado ela baixou no Ipad!

Isso é realmente “estrondoroso”!

É isso ai e tals, galera!

AssinaturaVeronica

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism