JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

23 de jan de 2014

DIÁRIO DE UMA DOUTORA – ADVOGANDO PELO FACEBOOK

Anos atrás advogar era mais difícil, imagino eu. Não tinha o Google, nem jurisprudências on line, tampouco, livros em pdf, etc...Creio que muitos que hoje advogam, não se sairiam muito bem sem os “kits de petição on line”.

Contudo, por outro lado, advogar nos anos 90 permitia, imagino eu, um certo distanciamento do cliente. Hoje em dia a pessoa te contrata pra tirar cópia do processo, e já te adiciona no facebook. E a partir do momento que o cliente te adiciona no “feice”, ele acha que tem advogado 24h por dia.

Sábado à noite, você lá naquele churrasco bacana, o cel vibra, você lê: “oi Mariana, a minha vizinha perdeu o marido faz 3 meses,o que ela faz pra conseguir a pensão, mas sem pagar advogado?”, ou então “Mariana, quando você vai protocolar a apelação, não ta no prazo, mas eu quero saber”, e por aí vai.

As pessoas abusam do direito de perguntar!

Não fosse a pergunta fora de hora, as pessoas acham que advogado recém formado tem obrigação de saber tudo de tudo. Os adoráveis perguntadeiros, questionam e já emendam a frase: “Você deve saber né, saiu ontem da faculdade mesmo, deve tá fresco na memória”.

Posso ter saído ontem, mas não tenho obrigação, e tampouco condições de saber todas as matérias, tá bom?

unnamed (1)

Não me surpreendo se daqui a pouco surgir um “termo de amizade com advogado”, onde veremos coisas assim “Cláusula 2° - Fica convencionado entre as partes que o amigo só pode fazer uma pergunta jurídica ao advogado por semestre; Cláusula 3° As redes sociais do advogado só servem para diversão e lazer, por isso fica vedado comentar fotos com expressões do tipo “e o meu processo doutor”.

Adicionar clientes no facebook é um erro! E eu tenho errado constantemente, fico sem graça de rejeitar a solicitação de amizade, ainda mais porque preciso receber honorários daquele ser.

Se alguém tem uma solução para clientes inoportunos que adicionam no facebook, whatssapp, twitter, etc... me fale!

assinaturamari

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism