JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

18 de jul de 2014

JUÍZA GATA PEDE TRATAMENTO ESPECIAL AO SER PEGA DIRIGINDO EMBRIAGADA

Uma juíza de 49 anos foi presa em McAllen, no estado do Texas (EUA), por dirigir totalmente embriagada, e ainda pedir “tratamento especial” durante a abordagem dos policiais.

Nora Longoria estava trafegando a 111 km/h em uma área de 88 km/h por volta da 1h, e acabou sendo parada por uma viatura durante uma inspeção de rotina.

De acordo com o jornal “New York Daily News”, a juíza apresentou sinais nítidos de embriaguez, como fala enrolada e falta de equilíbrio, e não queria ser presa de forma alguma.

“Por favor, deixem-me ir para casa. Moro pertinho daqui, vocês vão arruinar minha vida. Trabalhei 25 anos para chegar onde estou hoje”, argumentou a Longoria, que ganhou o apelido de “juíza gata” após a divulgação de sua foto em redes sociais.

juizagata

A americana disse que havia bebido cinco cervejas antes de dirigir, mas se recusou a ser algemada ou a fazer o teste do bafômetro. No entanto, quando soube que seria acusada de resistência à prisão se continuasse a não cooperar com os policiais, aceitou colocar as algemas.

Depois de ser levada à delegacia, a juíza, que foi eleita para a 13ª corte de apelações em 2012, foi acusada de dirigir embriagada e foi solta ao pagar fiança de R$ 4,4 mil.

Fonte: G1

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism