JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

27 de ago de 2014

DIVÓRCIO MAIS CARO DO MUNDO PODE CHEGAR A 35 BILHÕES DE REAIS

O barão do petróleo dos EUA Harold Hamm anunciou no ano passado que está se divorciando. Desde então, a expectativa de Wall Street era de que Hamm iria travar uma luta em defesa de sua fortuna e empresa, mas não esperavam que a briga chegaria onde está.

Segundo a rede CNBC, o divórcio está em sua segunda semana de julgamento.

A ex-mulher, Sue Ann, pede parte do dinheiro que o executivo ganhou enquanto eles estavam casados.

Hamm, que é uma das 50 pessoas mais ricas do mundo, criou a Continental Resources em 1967, duas décadas antes de os dois se casarem. Porém, nos últimos anos, a companhia quintuplicou o seu valor, somando mais de US$ 17 bilhões, de acordo com uma análise econômica realizada pela equipe legal da ex-mulher.

barao

O resultado disso tudo? De um lado, o magnata do petróleo, que afirma que esse valor foi adquirido por pura sorte. Do outro, a ex-mulher, que afirma que a fortuna é resultado da sabedoria do marido.

Para o advogado especializado em divórcios em casos de alta renda Raoul Felder, essas disputas acontecem o tempo todo, mas o que chama a atenção nesse caso é a quantia disputada. "Esse é o King Kong dos divórcios", afirma.

Este pode ser o divórcio mais caro da história, superando o de US$ 4,5 bilhões envolvendo o executivo russo Dmitry Rybolovlev.

O casal Hamms nunca assinou um acordo pré-nupcial e, depois de três filhos e quase três décadas juntos, a alegação do bilionário de que a sua fortuna não passou de pura sorte dificilmente será aceita pela corte. "É difícil acreditar que um homem que construiu uma empresa não tinha nada a ver com o sucesso da mesma", explica Felder.

Fonte: UOL

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism