JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

16 de set de 2014

ALEGRIA DE ESTAGIÁRIO É IGUAL ALEGRIA DE POBRE, SÓ QUE PIOR! (NEM SEMPRE)

Olá belíssimos companheiros de notável saber jurídico! Mais uma semana senzalística que está só começando e que acabaremos no tronco, como de praxe, mas não perderemos a pose. E não é que mais uma vez a macumba das inimigas funcionou! Terminei minha sexta feira fazendo um sorinho de boa, medindo a glicose o tempo todo, e ficando estampada de equimoses, para ficar de recordação. Tenho hipoglicemia, e às vezes tomo uns sustos assim, dessa vez foi durante a missa, tumultuando a celebração eucarística, e indo direto para o hospital. Chorem inimigas, posso comer muito açúcar!!

Mas agora já estou 100%, obrigada. Afinal, sou Taíspetacular e não é uma coisinha dessas que vai me abalar, sem falar que essa semana foi cheia das emoções escravísticas, e não poderia deixar de compartilhar no meu Diário, obviamente.

Meu mês de agosto foi bem conturbado, precisava estudar para prova de estágio do Ministério Público/SC, pois meu estágio no Tribunal de Justiça acaba em março (demora ainda, mas ninguém quer ficar desempregado né?), e eu tive uns probleminhas pessoais e não conseguia estudar muito, o gabinete com processos vazando pelas janelas, faculdade me enlouquecendo, estava quase fazendo uma fogueira para queimar tudo!! Meu pai me dava água de melissa para tomar, pois segundo ele sou muito atacada! (capaaaaaaaaz) Até o dia dessa bendita prova, não sosseguei... Depois fui conferindo o meu gabarito com os “concorrentes”, aí sim me batia o desespero, até ali eu tinha a pontuação mais alta, mas vai saber né? Tem sempre questões anuladas, gente que passa resposta trocada para o gabarito, e teve os que deixaram respostas em branco (o que diminui o numero de erros), só sei que eu queria demais!

unnamed

Para a minha alegria, e meu desespero, essa semana saiu o resultado minha gente, e adivinhem? Meu nome estava lá, quando vi a lista não acreditei, já estava dando pulo pra São Longuinho e tudo, fui pra faculdade e descubro que tiraram do ar a lista! MORRI... era só o que me faltava, já estava pensando nas férias que ia pegar do estágio até me chamarem para o novo estágio, no meu discurso de despedida, e no de chegada. E me tiram do ar a lista!! Na hora, minha frase de vida me veio em mente: “Alegria de estagiário é igual alegria de pobre, só que pior”. Cheguei em casa toda chorosa, e não dormi nada. No dia seguinte acordei e fui ligar para o Portal de Estágio do MP, para saber o motivo de retirarem a lista do site. Nossa, aí sim que fiquei nervosa, pois fui informada que a lista havia sido publicada não era a de classificação, pois o sistema não havia computado os erros (a prova do MP é daquelas que a cada resposta errada, anula uma certa), e que a lista correta sairia no período vespertino.

Quem disse que almocei, que conversei com alguém, e que fiquei calma? Obviamente que ninguém, pois isso não aconteceu. Fui pro estágio toda ranhenta de tanto chorar, eu queria tanto sabe? Me dediquei o que pude, mesmo com os problemas que estava passando. Já estava pensando que em março eu seria uma desempregada, que ia ter que sair distribuindo currículos, mesmo sendo sofrida essa vida de escraviária, eu valorizo muito, pois não foi fácil!

Já era quase 17h, depois de atualizar o portal de estágio do Ministério Público, pela milionésima vez, vejo que a lista oficial havia sido publicada. Já estava com arritmia cardíaca, suava frio, fui passando a lista bem devagar, até chegar nos classificados de São Joaquim, rezando para Nossa Senhora, quando...

MEU NOME ESTAVA LÁ!! Em 1º lugar, classificadíssima, apta para o estágio, meu nominho estava lá: TAÍS DE SOUZA ALVES. Nem preciso falar que saí sambando pelo “fóru” né? Foi uma sensação de alívio, de felicidade c/c conquista que não há como explicar. Mais dois anos de estágio. Até o final da faculdade!! Depois de quase dois anos vendo o lado do magistrado, vou poder ver de perto agora, o lado do “parquet”!! To muito metidinha. O pessoal do gabinete comemorou comigo, e ao mesmo tempo ficaram tristes sabem? (iam perder a melhor estagiária do UNIVERSO) Falaram coisas tão legais, fiquei muito contente, com o reconhecimento deles. Demonstraram que eu farei falta. Já vou me preparar psicologicamente para quando me chamarem (será por ordem de classificação e são só duas vagas) porque vou secar meu corpinho por causa das lágrimas que serão derramadas.

Dessa vez foi comprovado que “Alegria de estagiário é igual alegria de pobre, só que pior”, só de ”brinquis”, para dar um susto no coração. Quando há dedicação, e é pra ser seu meu caro, não adianta, vai ser!

Um beijo de pão de queijo bem especial e até semana que vem!

Tais

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism