JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

15 de set de 2014

CANDIDATO PERDEU EXAME DA OAB E DISSE: NÃO ACORDEI A TEMPO

Com cinco minutos de atraso, o professor Tarcísio Galeno encontrou o portão fechado no único local de provas em Macapá e perdeu a chance de realizar a segunda fase do XIV Exame Unificado da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que iniciou às 13h deste domingo em todo o Brasil.

“Não acordei a tempo. Passei parte da madrugada com meu filho no hospital e só dormi pela manhã. Acordei e corri de Santana [município distante 17 quilômetros da capital] mas não deu, vou ter que recomeçar. Era meu sonho”, disse Galeno, cabisbaixo .

O candidato ainda chegou a insistir na entrada com a intenção de apenas registrar a presença e conseguir no próximo exame a qualificação direta para a segunda fase, mas sem sucesso. “Vou ter que estudar tudo de novo e tentar pela segunda vez”, lamentou.

img_9173

Provas
A segunda fase do exame devem ser aplicadas a 250 candidatos no Amapá, segundo relação da comissão de aplicação da prova. Em Macapá, as provas acontecem em uma faculdade no bairro Jesus de Nazaré, Zona Central.

Estão aptos a participar os candidatos aprovados na primeira fase do XIV Exame e os que solicitaram reaproveitamento da 1ª fase do XIII Exame. A prova terá duração de cinco horas. O resultado preliminar da segunda fase será divulgado no dia 3 de outubro, e o final, após a apreciação de recursos, no dia 20 de outubro.

Fonte: G1

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism