JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

12 de set de 2014

DIÁRIO DE UM POSTULANTE – OAB X BONECO DE VUDU

Hoje vou explicar a relação existente entre o exame da OAB e aquela guria recalcada que te odeia pelo simples fato de você existir.

Ocorre que a tal guria decidiu retirar as agulhas do coração do vuduzinho que tinha feito pra mim. O motivo ainda é desconhecido. Talvez tenha aceitado Jesus, esteja com os dias contados ou porque decidiu despertar o meu cupido estrategicamente durante minha preparação pra OAB (pura maldade).

Fato é...

O cupido, que estava num sono mais profundo que o da Bela Adormecida, decidiu despertar e correr atrás de anos e anos de ociosidade e desamparo total a minha pessoa (por certo a correição no departamento dos cupidos estava chegando e o fanfarrão decidiu colocar tudo em desordem).

Ordem...

Exame da Ordem...

Desordem...

Eu estava toda serelepe, porque não tem coisa mais gostosa do que se preparar pra uma prova com o coração vazio. Afinal, dentre todas as distrações que a vida coloca no seu caminho, gostar de alguém é uma das piores.

Logo, nunca antes na história desse país estive tão feliz por ter o coração em estado vegetativo.
Foi nesse momento que o desativamento do vuduzinho entrou em ação (ok que a tal guria provavelmente tenha esquecido uma agulhinha nele, mas isso não vem ao caso agora).
Quer saber o efeito desse despertar mágico e purpurinado do tal cupido?

Sabe aquela pessoa que sempre passa por você, você sabe que existe, mas até então ela era apenas mais uma na multidão?

Pois é.

unnamed

Dia desses essa pessoa passou por mim e o inesperado aconteceu.

Olhei meio que sem querer pra ela e pensei: “hummmmmmmm, que pitelzinho!”

Foi aí, nesse momento que o desgraçado do Cupivaldo - sim, esse é o nome dele. O cupido é meu e eu dou o nome que eu quiser – flechou meu coração destroçado, remendado, mais ferido que o dedinho do pé após uma bela topada numa quina qualquer.

A partir desse dia meus estudos viraram um fiasco.Minha mente se divide em Alegações Finais, Pitelzinho, Defesa Prévia,

Pitelzinho, Recurso Especial, Pitelzinho, Defesa Preliminar, Pitelzinho, Queixa-Crime, Pitelzinho, Pitelzinho e Pitelzinho.

É mais forte que eu. Tentei resistir, mas foi em vão. Mentira, não tentei resistir coisa nenhuma. Estou achando uma loucura tudo isso, mas estou curtindo muito.

Tem coisa mais gostosa que esse friozinho na barriga quando você vê a pessoa que mexe com você? E a Ordem nisso tudo?

A Ordem ta aí né minha gente. Vem com tudo. Vem sem dó, como uma voadora no meio das costas.

Mas estou anestesiada pelo veneno da flecha de Cupivaldo.
Espero que no dia o desespero não bata.

Quem sabe gostar de alguém justamente agora não seja o segredo pra não pirar e conseguir a aprovação?!

O jeito é esperar dia 14 e conferir se essa receita foi meu remédio ou meu veneno, meu bem ou meu mal.

Só sei que estou encrencada e feliz. Encrencada porque a guria esqueceu uma agulha no coração do vuduzinho e essa agulha machuca um pouco.

Bom, que venha a Ordem e dessa vez sem surtos ou medos, mas sim com muito amor.

Por hoje é só pessoal. Um beijo no Tum Tum de vocês! ;)

Assinatura Ana Paula

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism