JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

9 de out de 2014

ANITTA TEM UMA SEMANA PARA PAGAR R$ 5,4 MILHÕES PARA SUA EX EMPRESÁRIA

Anitta terá que desembolsar o valor de R$5.4 milhões em apenas uma semana. O processo movido contra a ex-empresária, Kamilla Fialho, sofreu uma reviravolta e a cantora passou de vítima à ré. Segundo o advogado Marcelo Saraiva, que defende a K2L, antigo escritório de Anitta, ela terá que depositar o valor em juízo e ficará guardado até a conclusão do processo.

"Anitta rescindiu o contrato e, simplesmente, esqueceu que tinha uma multa e um saldo negativo para acertar com a empresa", afirma o advogado ao Purepeople.

A cantora rompeu com a K2L no dia 28 de agosto, mas continua cumprindo a agenda de shows vendidos pela empresa. Anitta, no entanto, alegou que não recebia o cachê dos shows e, por intermédio de sua assessoria de imprensa, chegou a confirmar o débito em um comunicado, mas não quis entrar detalhar os valores. Marcelo, no entanto, garante que o dinheiro tem sido depositado mensalmente desde que o vínculo com Kamilla foi quebrado.

"Acontece que Anitta tem um saldo negativo com a empresa de aproximadamente R$2,3 milhões e tudo o que entra é abatido. Todas as despesas pessoais dela, os custos com a gravação do DVD, as plásticas, o aluguel... Tudo vem dessa conta corrente. E ela tinha total conhecimento disso", diz o advogado.

A tutela antecipada, então, foi concedida pela juíza Flávia de Almeida, da 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca, na última sexta-feira (4), e Anitta fica, assim, obrigada a fazer os milhões em conta determinada pela Justiça. Caso não faça o depósito, o advogado pedirá uma varredura nas contas bancárias da cantora, além de 'atacar' a sua receita no ECAD (detentora dos direitos autorais). "Mas ela já tem outros muitos processos trabalhistas, de plágio... Acho que não vai querer mais essa dor de cabeça", acredita Marcelo.

prepara

Processo em andamento

Anitta entrou com quatro ações contra a K2L, e, baseada no argumento do desvio de verba, pediu na Justiça o desligamento da empresa sem ter que pagar a multa rescisória de R$ 7 milhões prevista em contrato e acionou a ex-empresária por suposto desvio de R$ 2,5 milhões. A empresária, então, apresentou em juízo os recibos de contas dos dois anos e meio em que trabalharam juntas.

Segundo Kamilla Fialho, a empresa era responsável pelos gastos de Anitta e, em troca aumentou o contrato para mais cinco anos de trabalho conjunto. "Ela pediu uma prestação de contas e mostrei todos os comprovantes que pediram. Passei 36 dias focada nisso e agora estou aliviada, pois provei o que tinha para ser provado", afirma Kamilla ao Purepeople.

Kamilla Fialho garante que o valor determinado não é nada diante o patrimônio conquistado pela cantora. "Ela ganha muito dinheiro e não é de gastar com bobagem! Anitta tem cumprido a agenda tranquilamente e é merecedora de tudo o que ganha . Eu só quero o que foi acordado e que saibam que não roubei nada de ninguém!", diz Kamilla.

Fim de uma amizade

Anitta e Kamilla se conheceram em 2011, antes do estouro do hit "Show das Poderosas". Para agenciar a carreira da cantora, inclusive, Kamilla teve que pagar uma multa contratual no valor de R$ 260 mil que ela tinha com a equipe de som "Furacão 2000". "Fizemos um investimento grande, pois acreditamos no potencial da Larissa (nome verdadeiro da cantora). Pagamos o aluguel dela durante seis meses, gastamos com sobrancelha, fisioterapia, maquiagem...", conta Kamilla.

O processo ainda vai demorar para ser concluído (acredita-se que cerca de 60 dias para a divulgação do valor exato a ser pago) e a sentença final ainda não foi decretada, mas Kamilla já se sente vitoriosa. Logo que a notícia do processo foi divulgada, ela chegou a perder um contrato com a banda NX Zero, mas agora acaba de fechar uma parceria com a funkeira Valesca Popuzuda e tem mais sete artistas agenciados.

"Ainda tenho muito carinho e amor pela Anitta. Só queria entender os motivos pelos quais ela fez tudo isso. Sei que não foi por dinheiro porque ela é muito pé no chão! Mas torço que ela faça muito sucesso, pois o mercado do funk pop precisa de talentos para continuar existindo. Ainda resta mágoa, claro, e não tem clima para voltar a falar com ela, mas não lhe desejo o mal", garante Kamilla.

Fonte: MSN

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism