JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

20 de nov de 2014

CLIENTE PERDE AÇÃO PARA LOJA DE CARROS E PAGA A INDENIZAÇÃO COM MOEDAS COM CHEIRO DE PEIXE

Um vendedor de carros de luxo sabia que algo estava errado quando um cliente lhe pagou 49 mil reais em moedas.

Ong Boon Lin, de 34 anos, entrou na Exotic Motor, uma concessionária especializada em veículos de luxo, em Singapura, empurrando uma caixa branca em um carrinho.

As coisas tomaram um rumo estranho quando o homem derrubou a caixa sobre o local, cobrindo parte da loja com uma montanha de moedas, que supostamente cheiravam a peixe.

714

Cliente perdeu ação contra concessionária e resolveu descontar sua raiva pagando 49 mil reais devidos ao local em moedas com odor insuportável que ficou impregnado na loja.

Lin, de 34 anos, perdeu uma ação judicial contra a concessionária sobre o dinheiro que ele devia em relação a um Aston Martin V8 Vantage, comprado na Exotic Motor.

O tribunal ordenou que o homem pagasse o imposto de circulação do veículo e o seguro, bem como reembolsasse a loja pelos honorários advocatícios.

Então, em uma atitude de desaprovação sobre a decisão, Lin resolveu pagar o valor devido com cerca de 100 quilos de moedas fedorentas.

As moedas foram avaliadas em 10, 20 e 50 centavos de dólar, com algumas da Malásia e da Tailândia.

Os funcionários da concessionária de automóveis foram deixados embalando o dinheiro em cerca de dez sacos, que foram colocadas no porta-malas de um carro, deixando um odor extremamente desagradável no local.

O proprietário da loja, Tang Siu Tong, disse: “As moedas foram embebidas em sucos de mercado, e cheiravam a peixe. Fedia todo o lugar e eu tive que contratar profissionais para se livrar do odor. Mas o cheiro ainda está lá. Estou mantendo as moedas em 10 sacos separados. Meus advogados estão se organizando para devolver a quantia, eu definitivamente não vou aceitar.”

Os responsáveis pela loja informaram que o local ainda possui um cheiro horrível, depois de três dias utilizando purificadores de ar, e agora eles estão considerando substituir o tapete, que vai custar-lhes 10 mil reais.

Tong também alegou que o incidente do despejo das moedas o fez perder 80 por cento de seus clientes.

O empresário de 34 anos, responsável pelo pagamento bizarro, diz que não vê nada de errado com a sua forma de pagamento. Ele disse ter feito isso porque estava chateado com a loja.

Fonte: Gadoo

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism