JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

13 de mar de 2015

ABANDONO DE CAUSA – UM ANIVERSÁRIO COM UM GOSTINHO DIFERENTE

Olá meus queridos! Sentiram saudades de mim? Porque eu senti muitas nessas últimas duas semanas que não nos falamos! E sabe o que aconteceu de novidade para contar a vocês?

Ganhei mais um ano de vida :)

Pois é. Mais um ano se passou e cheguei nos 25 anos. Já consigo ver os 30 anos lá de longe acenando para mim! E por uma parte, eu fico extremante feliz por estar passando por essa fase - e principalmente por essa transição entre duas faculdades e profissões - com a cabeça que tenho hoje. Não tenho certeza se vai dar tudo certo e acho que nunca vou ter completamente essa certeza. Mas agora, pelo menos, eu consigo olhar para trás e ter certeza que tomei a decisão certa na hora certa, de cabeça fria e movimentos planejados.

Voltando ao aniversário, minha família resolveu comemorar meu 1/4 de século com um almoço no domingo, o que fez com que eu ficasse com o sábado inteiro ocupado, preparando as coisas para receber o pessoal.

carol

Coincidentemente, no sábado, teve a primeira festa da faculdade. Aí você pensa, meu caro amigo: "mas Carol, pelo amor né? Segunda faculdade não é hora de pensar em festa...".

Bem, se eu tivesse 80 anos e todas as pessoas da minha sala fossem extremamente chatas, daí eu concordaria. Mas eu não tenho e coincidentemente as pessoas na minha sala são tão legais a ponto de me fazerem cogitar ir à festa. Porém, acabei dando voz à razão (e as obrigações) e não fui - o que não me impede de ter vontade e acabar indo em una festa futura já que estarei com esse pessoal por, pelo menos, os próximos 4 anos.

Acho engraçado quem acredita que, por se tratar de uma segunda faculdade, a gente tem que sentar no fundo da sala e ignorar qualquer tentativa de aproximação dos colegas da faculdade . Logicamente que acabamos encarando essa nova fase com olhos diferentes, porém, quero deixar marcado e fazer os anos da faculdade marcados carinhosamente na minha memória, assim como o fiz com a faculdade de Direito.

Lembro do dia da colação, do orgulho que eu estava por ter completado essa etapa, pelos momentos que passei por lá, e já ansiosa para tentar conseguir me encaixar naquilo que eu gostasse, nem se fosse ter que começar outra faculdade - e cá estou :)

Eu sei que, apesar das dúvidas e dos medos pela pressão que a gente acaba colocando sobre nossas cabeças, esse aniversário significou muito mais do que apenas um ano de vida a mais.

Mas, a preparação para encontrar o meu lugar nesse mundão por aí.

Bem pessoal, por hoje é só! Espero vocês na próxima semana, aqui nessa mesma coluna, nesse mesmo canal!

Beijos!

Assinatura Carol

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism