JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

24 de mar de 2015

DIÁRIO DE UM ESTUDANTE – OS 5 MAIORES ERROS DO ESTUDANTE DE DIREITO

Faaala meus amiguinhos, tudo bem com vocês?

As aulas mal começaram e eu já vejo o final do bimestre. Primeiro bimestre é um saco porque a semana de provas chega num pulo e você não tem certeza se teve matéria suficiente pra ser avaliado. Minha natureza postergadora tá me segurando, mas eu pretendo já começar a revisar tudo essa semana.

Esse ano eu prometi que tentaria ser mais regrada, não só na faculdade, mas com relação a pequenos hábitos, alimentação e etc. Coloquei num papel pequenos erros que só me atrasaram ou me prejudicaram de alguma forma. Mas como nosso assunto aqui é a jornada escravista rumo à formatura, separei aqui 5 erros identificados que não só eu, mas a maioria dos estudantes de Direito mais comete:

1 – Não ler a lei

Parece ridículo vindo de um estudante de Direito, mas é a realidade. A maioria anda com o Vade Mecum pra cima e pra baixo só pra fazer peso na mochila, porque nem sequer lê o que tá lá. Estuda apenas pelas anotações do caderno e doutrinas. Estudar pela lei faz você aprender muito mais rápido: Percebi que muitas vezes o que o doutrinador levou 1 capítulo inteiro pra explicar, está bem claro em um único artigo da lei. Logo, estudar pela doutrina é ótimo, mas ler a lei é fundamental.

2 – Só levar o vade no dia da prova

Eu odeio carregar peso, então não levo todos os dias mesmo. Quando tenho que ver algum artigo, olho pelo celular. Resultado: Faço as observações do artigo no caderno, mas não é o caderno que posso consultar no dia da prova, né? Sim, não é muito inteligente. Aí chega no dia e eu fico lendo e relendo o artigo jurando que tem algo sobre ele que eu preciso lembrar. Isso quando não passo mais tempo no índice alfabético-remissivo do que na lei pra achar o assunto que eu preciso. Tudo isso porque eu não tinha o vade mecum em aula pra anotar/grifar/marcar com post-it.

errei (1)

3 – Achar que domina a matéria porque estagia na área

Estágio ajuda muito a assimilar a matéria, realmente. Só que aí a gente se convence que vai dominar a matéria porque vê tudo no dia-a-dia e por isso não estuda. Nem preciso dizer que a gente se fode, né? Eu já me dei mal com essa quando prestei um concurso que caía normas da corregedoria, como já tinha estagiado no Fórum achei que seria moleza. Acabei errando 8 das 10 questões, umas por não saber, outras pela prática não ser igual a teoria. Sim, porque mesmo estando na lei, nem tudo que tá lá a gente segue à risca. Resultado: Você aprende da forma errada achando que tá certo.

4 – Comprar todas as doutrinas que a faculdade usa como referência

Pode parecer estranho, porque você pode precisar delas, o professor vai falar sobre elas e blá blá blá. Não estou dizendo pra você não comprar livros, mas pra não se prender àqueles usados como base pelo professor, que muitas vezes só usa aquela doutrina porque a faculdade impõe, porque ele mesmo acha o livro uma bosta. Se você estuda por uma doutrina que não se identifica, onde o autor é cansativo e não fala nada com nada, você automaticamente vai dizer que a matéria é chata. Mas falando do erro, não gaste o rico dinheirinho que você pode gastar pra tomar uma no bar da esquina no Xerox, com livros que você mal vai usar, compre aqueles que achar legal pra estudar e que realmente acha relevante pra vida acadêmica e pós acadêmica. Pra estudar pra prova ou fazer trabalho, a biblioteca da faculdade existe pra essas coisas.

5 – Achar que a prova vai ser fácil porque o professor é camarada

“Ah, nem vou estudar muito, aquele(a) professor(a) é legal, acho que vai pegar leve na prova”, quem nunca? Já me ferrei muito com essa, pois já tive tanto professores chatos que pegaram leve quanto professores camaradas que incorporaram o capeta ao elaborar a prova. Jamais julgue o professor pela sua bela (ou nem sempre) carinha.

E é isso meu povo, esses foram os 5 erros que eu já cometi, e acredito que muitos de vocês também.

Um beijo e um cheiro, e até semana que vem!

Assinatura Aline

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism