JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

31 de mar de 2015

DIÁRIO DE UM ESTUDANTE – SOU ESTUDANTE, NÃO CONSULTORIA GRÁTIS

“Você faz Direito? Ah, me tira uma dúvida, tem um filho da cunhada da minha vizinha que...”

Que atire a primeira pedra quem nunca ouviu uma dessa.

Eu não sei qual a impressão que as pessoas de fora têm da faculdade de Direito, mas deve ser algo como no primeiro ano você ser obrigado a saber tudo de civil, penal, previdenciário, trabalhista, empresarial...

Estudantes de Direito devem ter uma tatuagem invisível na testa escrito “consultas free”, que só os não estudantes de Direito veem. Me sinto como aqueles caras de loja que ficam com uma camiseta escrito “Posso ajudar?” nas costas.

Eu sei que alguns (leia-se coxinhas) adoram dar essas consultas gratuitas pra mostrar que sabem muito, fazer pose de “dotô” e tals. Eu não gosto. Pelos seguintes motivos: 1 – eu não sei de tudo (nem sou obrigada); 2 – uma dúvida sempre traz mais outra, e outra, e outra, e outra e...; 3 – se eu acostumar essas pessoas antes de ser advogada, elas vão se aproveitar quando eu for; e 4 – não tenho saco pra isso.

possoajudar_23177

Sem falar que nunca são casos simples. Nunca é algo que eu possa responder com 100% de certeza, e quando eu posso o fulano me vem com “ah, mas a advogada da novela fez diferente”.

Então me faço de ignorante. “Desculpa, não sei te responder...”, ou “Não tive essa matéria na faculdade ainda...”, funciona super bem.

Fico pensando como devem sofrer os estudantes de medicina. “Você faz medicina? Dá uma olhadinha nesse caroço que nasceu aqui no...”. Já dizia Murphy, nada é tão ruim que não possa piorar.

Mais amor, por favor, e menos dúvidas jurídicas.

Um beijo e um cheiro, e até a próxima semana! ;*

Assinatura Aline

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism