JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

4 de mar de 2015

DONO DE BALADA VAI PROCESSAR JOVEM QUE FEZ COCÔ NA PISTA DE DANÇA

O dono da boate Smell Brown em Ribeirão Preto, cidade que fica a cerca de 315 quilômetros de São Paulo, onde no último final de semana a jovem Raíssa Oliveira Silva, teve uma grave crise de diarreia e acabou por defecar na pista de dança, disse que pretende processar a jovem por conta dos imensos prejuízos sofridos pela casa.

Nós vamos procurar os nossos advogados e em conjunto vamos entrar contra essa garota, pois nós fomos extremamente lesados por conta dos acontecimentos do último final de semana. Nós fomos obrigados a contratar uma empresa especializada em limpeza pesada para conseguir eliminar o cheiro de fezes que ficou no ambiente.

O empresário disse que viu as imagens da câmera do circuito interno e confirmou que houve uma imensa confusão na pista de dança no momento em que a garota começou a passar mal. Muitas pessoas começaram a vomitar, várias outras começaram a gritar e correr e a banda parou imediatamente de tocar.

O fato aconteceu por volta de 01h30, Raíssa estava com amigos dançando exatamente no meio da pista de dança quando começou a passar mal, ela até tentou correr para o banheiro, mas como a pista de dança estava lotada, ela teve dificuldades de chegar e acabou fazendo suas necessidades ali mesmo.

Segundo frequentadores da balada, as fezes espalharam-se pela pista de dança, e atingiram outras pessoas que estavam dançando, inclusive os pés de outras garotas que estavam calçando sandálias.

bosta

Após os acontecimentos Raíssa foi socorrida pelos amigos e levada para a enfermaria da boate, enquanto isso dezenas de pessoas saíram sem pagar, e a banda encerrou suas atividades.

"A balada vive de status, e agora além dos prejuízos financeiros sofridos no dia, nós ficamos conhecidos nacionalmente como a balada que a menina cagou e obviamente isso repercute de forma negativa, por isso a gente tem que falar, tem que expor para que isso não aconteça novamente” disse o dono da balada.

O dono da balada ainda estuda tomar algumas medidas para evitar que fatos semelhantes aconteçam, e já suspendeu a venda de todos os drinks que tinham activia em sua composição e também pensa em proibir que mulheres entrem de vestido na balada, além disso quem entrar até a uma da manhã vai ganhar uma pílula para controle intestinal.

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism