JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

29 de abr de 2015

DIÁRIO DE UM CONCURSEIRO – OS 7 TIPOS DE CONCURSEIRO (VERSÃO SERTANEJA)

SEGURA PEÃÃÃO! Tô na área de novo! Chega de sofrência, AOW PAIXÃO!

E sobre as duas semanas que fiquei sem mandar textos: sei que seu coração falou de mim, sei que ele falou que eu tô fazendo falta, ele falou também que sem mim tá difícil, as noitadas e os amigos não tão ajudando... Enquanto houver razões eu não vou desistir! E beijo! =)

Concurseiro LUCAS LUCCO: Sabe o se achão? Ele não estuda, não faz nada pra passar no concurso e ainda chega no dia da prova se achando o bonzão. Por quê? Porque ele acredita cegamente que no destino. Mas o destino deve olhar pra ele decepcionado... Fica lá, viajando, mas o que custa sonhar? Ele até tenta sabe? Faz um baita de um cronograma, mas não consegue cumprir. Sempre tem uma data, uma palavra, um olhar, um filme, uma música, um sorriso, só pra atrapalhar os estudos. O que resta? O plano B. Posta foto com os livros, mas nunca leu nada. Ainda tenta intimidar os outros: VAI VENDO MOMÔZIM...

Concurseiro JORGE E MATEUS: Olha aí, o mundo girando, todo mundo passando, e você desclassificado outra vez. É o que vai acontecer enquanto você ficar aí, pensando em você, na outra metade, no céu e na noite inteira pra amar. Pare de ser descorneado e ficar imaginando você ligando pro povo, dizendo que tá namorando e casando semana que vem enquanto o teu concorrente está estudando. A escolha é sempre sua... Você escolhe se vai ser anjo ou animal, suave ou fatal – e então conquistar o seu sonho: ele sim vai preencher sua vida vazia, mandar embora a agonia e trazer paz pro coração.

FOTO ARTIGO

Concurseiro LUAN SANTANA: É o persistente. A relação desse tipo de concurseiro com o sonho de conquistar a vaga é mais ou menos assim: ficar esperando até ficar velhinho gaga. É um fissurado: daria o sol, daria o mar, trocaria a paz, o destino, a cama e mil estrelas pra conquistar a vaga. E vai conseguir, e conquistar o sonho de ser funcionário público, ter dois filhos e um cachorro, um edredom, um filme bom no fim de agosto...

Concurseiro HENRIQUE E DIEGO: Vai sonhando que você vai passar - não enquanto ficar bebendo tequila pura com limão e for embora levando duas pra pra pra pra suíte 14, banheira de espuma, jantar a luz de velas e champanhe com cereja. Ou você foca ou não rola.

Concurseiro BRUNO E MARRONE: Pô cara! Esquece a dama de vermelho que te traiu no carro importado de vidro fumê e vai estudar. Vai lá, se amarra na cama, só faz amor consigo, quando você passar no concurso, a vida vai fazer sentido. Você não é vagabundo, nem delinquente, então deixa de ser carente, larga mão da boate azul e se apega no edital. Porque senão, queridinho (a), não são só as rosas que vão chorar.

Concurseiro GUSTTAVO LIMA: Diz pra mim o que é preciso pra você deixar de inventar amores e estudar? Se você só ficar na balada, curtir até de madrugada, dançar e pular até o sol raiar, você não vai conseguir conquistar o sonho de passar no concurso público. E não adianta fazer drama e perguntar “que mal te fiz eu?”. Ah! Mais uma coisa: tchê tchererê tchê tchê, tchererê tchê tchê, tchererê tchê tchê, tchereretchê, tchê, tchê, tchê: se não estudar vai se f****.

Concurseiro MUNHOZ E MARIANO: Vai ficar brincando de bom bom bom bombeiro até quando? Alô, o final de semana chegou! Então prepara o café e dá-lhe estudo. Já é independente, sensual, só falta conquistar a vaga. Se eu fosse você passava logo só pada pada pada pada pada pada pada pada pra dar o que falar.

Então guerreiros, sabe aquela vaga ali? Cuide bem dela, você não vai ter outra oportunidade de conquistar ela. Promete pra mim: o que você se propor a estudar, você vai cumprir.

Fui!

Assinatura Maelem

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism