JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

13 de abr de 2015

DIÁRIO DE UM (in)DOCENTE - CRIANÇA BOA É CRIANÇA FORA DA CADEIA

Concorda com isso? Bom eu também, assim como também concordo que criança má é criança presa.

E os motivos são vários. Mas antes pretendo rebater o seu “motivo”. Sei bem que acha necessário tratar a causa e não o efeito. Eu também concordo com isso, mas meu amigo, vamos pensar juntos:

1 – Você acredita que o Brasil hoje tem estrutura para oferecer educação de qualidade para TODAS AS CRIANÇAS?

2 – Acha que o governo tem projetos sociais suficientes e eficientes para manter os jovens e crianças longe da criminalidade?

3 – No Brasil que vivemos hoje, acredita que o governo consegue competir com o crime organizado (essa pergunta é F*** mas reflita friamente, por favor)?

E pq eu acredito que deva diminuir a maioridade penal? Fácil, apenas apontando para o nosso problema. Se eu não posso ajudar, vou atrapalhar.

Então é assim, se eu não posso evitar que você, criança, entre para o mundo do crime, eu quero te mostrar que se você entrar vão receber as mesmas punições que os adultos e com isso eu tenho certeza que pensarão duas, três, quatro vezes antes de pegar uma arma e sair atirando em todo mundo.

Ah, você acha que estou exagerando? Olha essas chamadas:

“Menor de 16 anos decepa cabeça de bebê, estupra a mãe e esfaqueia outra criança” ;

“Menores são responsáveis por 30% dos crimes na capital federal”; ou ainda

“Assaltante que ateou fogo em dentista é menor de idade”

clip_image002

Meu, nosso CP é de 1940 e como tudo no planeta, as leis devem ser revistas, atualizadas, adaptadas a realidade cotidiana.

É cientificamente comprovado que as crianças e adolescentes, a cada geração, desenvolvem-se muito mais rápido.

Afirmar que um menor de 18 anos não possui pleno discernimento dos atos que pratica, em pleno século XXI, é um absurdo sem tamanho.

Porra, se o menor pode ajudar a decidir o futuro de uma nação, pelo direito ao voto, por quais motivos plausíveis não pode responder por seus atos?

Eu concordo com a corrente que diz que a redução da maioridade não resolve os problemas ligados à criminalidade, como a violência urbana ou a superlotação dos presídios, e até poderia contribuir para agravá-los, estimulando o crime organizado a recrutar jovens de uma faixa etária cada vez mais baixa.

Mas de coração Champz, o tio aqui prefere arriscar com uma redução a inércia, que nesse caso é manter uma população de penalmente inimputáveis, e com isso super corajosos, afinal: “Não dá nada tio, sou di menor... já já to na rua e faço de novo...”

Assinatura Renato

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism