JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

25 de mai de 2015

CORPORATIVISMO JURÍDICO – TRIBUNAL CONCEDE JUSTIÇA GRATUITA PARA JUIZ LITIGANTE

A história é a seguinte, era um dia normal de trabalho em uma das varas criminais de Belo Horizonte, tudo corria bem até que o juiz ao ler uma manifestação de um dos membros do Ministério Público se sentiu deveras ofendido com as palavras a ele dirigidas pelo membro do Parquet.

Inúmeros foram os “elogios” preferidos ao magistrado, dentre eles que o “eme eme” prestava um verdadeiro desserviço ao Poder Judiciário e outros no mesmo nível

Então o meritíssimo decidiu entrar com uma ação de danos morais, não contra o Promotor, mas sim contra o próprio estado de Minas Gerais. Em primeira instância o juiz foi vitorioso, mas sem segunda instância o Tribunal de Justiça reformou a decisão considerando que não houve a intenção de ofender o juiz.

Nas contrarrazões à apelação, o juiz requerera gratuidade da Justiça, alegando ser pobre na forma da lei.

E aí o que o TJ fez?

Isso aqui ó:

image

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism