JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

14 de mai de 2015

DELEGADO PRENDE ADVOGADO APÓS CONFUNDI-LO COM O ACUSADO. ACHEI QUE O NEGRO ERA O RÉU.

Um caso curioso e ao mesmo tempo polêmico aconteceu no último domingo na delegacia de Timóteo Eising, uma pequena e pacata cidade do interior de Santa Catarina.

Claudius Rudlof, um descendente de alemães, de 29 anos, conhecido como “alemão”, que estava foragido da Justiça e que se costumava passar por pastor evangélico foi preso no domingo após uma briga com sua esposa.

Durante a discussão a esposa do acusado foi brutalmente agredida com vários socos, foi sufocada com um pedaço de espuma até perder a consciência. Os vizinhos acionaram a polícia que imediatamente levaram o acusado até a delegacia.

Os pais do acusado pediram então o auxílio de um advogado conhecido da família, que estava participando de um jogo de futebol entre amigos, mas interrompeu tudo e partiu para a delegacia atender o seu cliente.

SANY3986

O delegado Matheus Fritz ao chegar na delegacia ao se deparar com um homem loiro, vestindo terno e o advogado, um negro que usava uma camisa do corinthians, não teve dúvidas, se dirigiu ao homem negro, deu um tapa em seu rosto e disse: você vai ficar naquela cela ali enquanto eu falo com o seu advogado!

O advogado, perplexo com o acontecido tentou argumentar e o delegado o agrediu novamente com mais dois ou três socos e disse: eu não converso com bandido, cale sua boca!

Apenas após a intervenção dos policiais militares é que o delegado percebeu que havia cometido um erro.

O advogado então registrou um boletim de ocorrência contra o delegado e disse que estuda processar o delegado e o estado de Santa Catarina pelos constrangimentos que sofreu.

O delegado tentou se justificar dizendo: “vi um loiro de terno e um preto com a camisa do corinthians, tinha certeza que o negro era o acusado e quis dar uma lição nele”

Alegou ainda que é comum agredir os acusados, pois isso os intimida e impede que cometam novos delitos.

Ah e o cliente do advogado permanece preso.

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism