JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

19 de mai de 2015

JORNAL PROCESSA LEITOR POR LER SOMENTE O LINK DA NOTÍCIA NO FACEBOOK

Leitor interpretou caso somente pelo link da notícia, passou vergonha, falou mal do site na internet e foi processado por ‘ter preguiça de abrir o link’.

Um leitor se deu mal após descer a lenha em um famoso site de notícias da internet. Silas Timando, que acompanha o jornal pela internet, viu um link com o título da notícia: “Prova de Concurso Público é cancelada devido a mudança na Lei”.

Ocorre que ao abrir a notícia, era observado que a prova do concurso a ser cancelada, não se tratava do mesmo concurso que Silas havia se inscrito.

A aprovação da Lei Concurso não Mede Conhecimento, mais conhecida como ‘Só vai entrar quem tem Q.I’, foi feita no último dia 14 (quinta-feira), no Congresso Nacional e se trata penas de concursos para cargos técnicos. A notícia foi publicada no dia 15.

1

Sem observar a notícia na íntegra, Silas Timando deixou de prestar o concurso que havia se inscrito e que foi realizada neste domingo (17), anulando assim a possibilidade de ser aprovado e conquistar o tão sonhado emprego.

Detalhe: apesar de não ter lido a notícia na íntegra, o estudante publicou ofensas nas redes sociais do jornal, justificando que a notícia era falsa e que não fez a prova por acreditar que era verdade.

O dono do jornal, Rivan Moreira, mais conhecido como ‘careca’, identificou as críticas e resolveu processar o bacharel autor das ofensas: “o cidadão não abre o link, não observa do que se trata a notícia, paga de estagiário e queima meu site. Já pedi hoje mesmo danos morais.”

O descontentamento é evidente por parte do jornal. É corriqueira a situação onde leitores só pelo título do link acreditam estar cientes de toda a situação narrada.

Diante disso, o presidente da associação dos jornais na internet, Bonato Sillas, falou como serão as atitudes daqui para frente: “estamos implementando um sistema que todas as notícias abrirão automaticamente no Facebook, e só serão fechadas depois de 7 minutos, que é o tempo médio para ler toda a matéria”.

Sobre a situação, Silas Timando não quis registrar nota à imprensa. Entretanto, sua mãe,  , disse que seu filho é preguiçoso e por isso estava com preguiça de fazer a prova. “Agora ele vai esperar ter que trabalhar para pagar as contas dele, pois não aguento mais ficar sustentando vagabundo, até já indiquei ele pra uma vaga de atendente do McDonalds”.

Fonte: Embuste News

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism