JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

12 de jun de 2015

ABANDONO DA CAUSA – FINAL DE SEMESTRE É SEMPRE IGUAL

Sim, eu voltei (para a felicidade da minha mãe que estava com saudades de curtir meus textos), e recolhi os caquinhos que sobraram de mim com esse final de semestre e vim saber um pouco mais sobre como vocês, estudantes de todo esse Brasil, estão conseguindo sobreviver com essa loucura que que se repete a cada ano essa época.

Não importa qual é a sua faculdade ou o seu curso. Desde a lembrança mais antiga que tenho sobre essa vida de estudos, sempre que as férias estão chegando escolares, os dias começam a passar mais lentamente e os trabalhos da faculdade só vão se acomodando mais e mais na nossa agenda. Acho que, infelizmente, nunca fui dessas pessoas que consegue fazer tudo com antecedência, sem aquela pressão da data de entrega chegando e a pilha de tarefas aumentando – e sério, eu não indico isso para ninguém.

x-default

O problema das férias de julho estarem próximas, é que os dias que a antecedem parecem passar ridiculamente mais devagar. Nessa época, conseguir dormir mais de cinco horas por noite é praticamente um milagre. As suas olheiras nunca estiveram tão fundas e você, no fundo, acaba nem se importando, pois só consegue pensar em terminar tudo o mais depressa possível, antes que o prazo final chegue.

Ainda mais para quem está trabalhando, umas horinhas extra nos dias viriam de bom grado, pois nos ajudariam a conciliar tudo o que temos que resolver onde trabalhamos e, ainda, com as tarefas da faculdade e as provas (ah! As provas...). Aliás, é nessa época que aquele negócio de “Lei de Murphy” costuma acontecer. A impressora da sua casa para de funcionar, você perde o pen drive com o trabalho ou não consegue imaginar que acordo fará com o relógio para que ele dê tempo a você para estudar.

Enfim, a boa notícias é que julho daqui a pouco já está aí e toda essa confusão será deixada para trás em um passado não tão distante, mas que não pertence mais a você.

Agora vamos voltar ao trabalho e tudo mais que temos anotados na nossa agenda! E não se esqueçam de aproveitar ao máximo o tempo disponível para dormir – ele pode passar tão rápido que você nem perceberá.

Boa noite pessoal!

Beijos e até a próxima!

Assinatura Carol

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism