JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

10 de jun de 2015

HOMEM SE SUICIDA APÓS RECEBER UMA CARTA COBRANDO PENSÃO ALIMENTÍCIA ATRASADA

Um pai cometeu suicídio horas depois de receber uma carta cobrando cerca de R$ 53.000 referentes à pensão para seu filho.

Ian Sandywell, de 45 anos, de Stoke-on-Trent, Inglaterra, havia se divorciado da ex-mulher, Sharon Stroynowski, de 46 anos, em 2001, com quem tinha um filho, Ben, hoje com 22 anos.

Após isso, Ian se envolveu em uma disputa judicial com ela.

Recentemente, o pai começou a receber cartas da Agência de Apoio à Criança, as quais alegavam que ele estava em débito com suas obrigações, o que o deixou preocupado.

1

Ian Sandywell, de 45 anos, da Inglaterra, se enforcou depois que recebeu uma carta cobrando R$ 53 mil referente à pensão para o filho, Ben, hoje com 22 anos.

De acordo com sua atual esposa, Jo-Ann Balsamo, de 41 anos, a maneira “rude” como as cartas eram escritas deixaram Ian atormentado.

Após receber a última carta, que cobrava aproximadamente R$ 53.000 que poderiam ser pagos em parcelas mensais de cerca de R$ 2.500, Ian ligou, aos prantos, para a esposa, que tentou tranquiliza-lo dizendo que conversariam quando chegasse em casa.

Contudo, temendo não poder arcar com as despesas, o pai se enforcou horas depois.

Antes de se matar, Ian enviou um texto ao filho dizendo que se enforcaria, que sentia muito e que o amava.

Fonte: Mirror e DailyMail

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism