JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

10 de jun de 2015

PANE NO SISTEMA FAZ OAB DIVULGAR LISTA COM ERRO E “APROVA” TODOS OS CANDIDATOS INSCRITOS NO EXAME

O presidente nacional da Ordem dos Advogados Brasileiros, Jeremy Mizento divulgou na manhã desta quarta feira (10) um comunicado afirmando que, no site da organizadora da prova, houve falha na divulgação da lista dos candidatos aprovados.

Os erros ocorreram em relação aos aprovados no exame, pois devido a uma falha no sistema, a empresa organizadora da prova divulgou o nome de todos os candidatos inscritos como se eles tivessem sido aprovados.

O último exame, de número XIII teve ao todo mais de 100 mil inscritos e foram divulgados mais de 40 mil aprovados, porém, este número é o de candidatos que foram aprovados para a segunda fase do certame.

A redação recebeu mensagens de candidatos que apontavam falhas e que disseram ter errado a peça que foi solicitada e mesmo assim estavam na lista dos aprovados.

299608-Enem-2011-gabarito

A candidata Bruna Daver disse que comemorou demais ao ver o seu nome na lista de aprovados, mas depois de alguns minutos de euforia percebeu que ela havia errado a peça e deixado de responder duas questões e passou a suspeitar que fosse algum erro.

“Eu tenho noção das minhas limitações, e seu que não fui bem, e não vou usar de um erro da organização para tentar me beneficiar, mas sei de gente que reprovou mas vai entrar com ações para tentar a aprovação.

O aluno Salustiano Pimpão disse que não sabe se conseguiu a nota 6,0 na última prova, mas diz que já salvou o edital com o seu nome entre os aprovados e caso a Ordem retire o seu nome da lista ele já estuda a possibilidade de impetrar um habeas corpus para ter seu nome novamente incluído na lista dos aptos à carreira da advocacia.

Já o candidato Jofre Dorneles garantiu que vai processar a instituição alegando que divulgou para toda a família e amigos que havia sido aprovado, e inclusive foi para um restaurante da cidade comemorar o feito e gastou mais de mil reais.

“Vou pedir danos morais e materiais, pois estou me sentindo muito envergonhado”

Em respostas a organizadora da prova, diz que erros eram vistos em seu site quando o candidato consultava o resultado a partir de uma página onde usava seu CPF, senha e número de inscrição já foi resolvido.

Segundo a instituição, a falha já foi corrigida e quem entrar na página e fizer a consulta a partir de agora poderá conferir os candidatos realmente aprovados.

Devido ao problema, o prazo para que candidatos entrem com recurso, caso ainda queiram contestar os gabaritos ou a prova, foi prorrogado. Eles poderão fazê-lo até as 18h de sexta (1).

Fonte: Embuste News

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism