JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

22 de set de 2015

ATRIZ PORNÔ PROCESSA PRODUTORA POR ENGRAVIDAR DURANTE GRAVAÇÃO DE FILME

Leticia Pregui Nante, 23 anos, curitibana e atriz pornô, ingressou com ação de indenização por danos morais, materiais, lucros cessantes e ainda uma pensão vitalícia, contra a produtora de filmes adultos Artac MR, em razão de ter engravidado durante as gravações do filme C#zinho não se pede, se conquista.

Letícia alega que foi contratada para atuar no filme junto com outro ator e que conforme clausula no contrato a gravação ocorreria sem camisinha, sendo que os atores deveriam apresentar exames que comprovassem que não possuíam qualquer tipo de doença.

Constava ainda do contrato que os métodos contraceptivos seriam de responsabilidade da produtora, dentre os quais estabeleciam injeções antes e pílulas após a gravação.

Silvia-Saint

Ocorre que os métodos não surtiram efeito e a atriz engravidou e deu a luz a um menino, motivo que a fez ingressar com a referida ação, por acreditar ser culpa exclusiva da empresa que a contratou.

Sobre os danos morais, Letícia aduz que virou motivo de chacota e vem sofrendo humilhações, dentre as quais descreve na petição inicial que já fora alvo de piadas, tais como: “Essa foi a verdadeira reprodução assistida”; “Isso foi acidente de trabalho”, bem como as informou que algumas pessoas fizeram comentários eu seu perfil no facebook chamando seu filho “resto de anal” e “Gozadinho”

O processo está em trâmite da 17ª Civel da comarca de Curralinho –PA

Fonte: Embuste News

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism