JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

28 de out de 2015

ESTELIONATO QUE SE PASSAVA POR JUIZ É PRESO NO INTERIOR DE SÃO PAULO

Em sua página no Linkedin, Fabio Castelini se apresentava como Diretor Presidente do Primeiro Núcleo de Mediação Conciliação e Arbitragem do Brasil e Diretor da câmara de comércio internacional Brasil El Salvador.

No site da Camara de Comércio ele consta como membro do Conselho.

A polícia chegou a ele depois da denúncia de um homem que contratou um curso que não aconteceu. “Ele se identificou como juiz, ofereceu o curso de juiz arbitral, que foi pago na quantia de R$ 1 mil e depois ele sumiu”, afirmou o homem, que preferiu não se identificar.

noticia_castelini1

Diversos boletins de ocorrência contra ele por estelionato e falsidade ideológica foram encontrados pela polícia. A suspeita é que tenha praticado o crime outras vezes no interior de São Paulo. “Crimes de estelionato e falsidade ideológica, não permitem fiança, ele vai aguardar apreciação judicial na cadeia”, explicou o delegado Maurício Dotta.

Em Piracicaba ele se passou por representante da Justiça Arbitral Euro Americano (TJAEA) e foi recebido pelo então Presidente da Câmara, João Manoel Santos.

Fonte: Carlinhos Lima

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism