JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

9 de dez de 2015

JOVEM TRABALHA DOIS MESES SEM SABER QUE ESTAVA EM UM ESTÁGIO NÃO REMUNERADO

Jay El-Leboudy trabalhou de graça por dez semanas (Foto: Reprodução/Canterbury Times)

Um rapaz de 15 anos começou a trabalhar em uma loja e só dez semanas depois descobriu que estava em um 'estágio não remunerado'.

De acordo com o Canterbury Times, Jay El-Leboudy acreditava que iria receber pelos dois dias semanais em que trabalhava no estabelecimento em Kent, na Inglaterra. No entanto, mais de dois meses depois, os donos da loja, que são amigos da mãe do garoto, disseram que não haviam concordado em pagar pelos 'serviços voluntários' dele.

"Eu disse para ela [a mãe] que ele tem apenas 15 anos e a lei diz que ele não pode trabalhar porque vendemos bebidas alcoólicas", afirmou ele em entrevista ao jornal local. "Quando ele completar 16 anos poderá receber pagamento se houver uma vaga e as coisas funcionarem", acrescentou ele.

A mãe, Zoe Buckwell, conta que o filho queria começar a ganhar o próprio dinheiro e ela decidiu ajudá-lo. Segundo ela, o adolescente se esforçava para ser pontual e cumpria as horas de trabalho, mas estranhava o fato de não ter recebido nenhum pagamento. "Ele estava ficando muito preocupado, já que estava contando com o dinheiro na hora de comprar presentes de Natal", explica a mãe.

Depois que o jovem descobriu que havia trabalhado de graça, a mãe criou uma página em um site para conseguir pagar pelo tempo que o filho trabalhou. Até agora foram arrecadados cerca de 100 libras esterlinas, o equivalente a R$ 564. Para ela, as doações de pessoas da comunidade são como uma luz no fim do túnel. "Restaurou a nossa fé na humanidade", afirma Zoe.

Após a confusão, Jay pretende encontrar um emprego sem a ajuda da mãe.

Fonte: RedeTV

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism