JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

19 de fev de 2016

ADVOGADO É MORTO A FACADAS EM SEU ESCRITÓRIO APÓS COBRAR 2 MIL NA JUSTIÇA

Um advogado foi morto a facadas no final da tarde desta quarta-feira (17), em Bandeirantes, na Região Norte do Paraná. O advogado Bruno dos Santos Mendes foi surpreendido em seu escritório, na Av. Edelina Meneghel Rando, centro da cidade, próximo ao fórum. De acordo com a polícia, em informações publicadas na imprensa local, o profissional golpeado no pescoço e no braço, e morreu ainda no escritório.

A policial acredita que o motivo para o crime tenha sido uma ação civil protocolada na Justiça contra a esposa do suspeito. O valor da ação seria de R$ 2.526,13.

Testemunhas afirmaram aos investigadores que viram o momento em que o homem saiu do escritório e rapidamente saiu dirigindo um veiculo Gol e fugido pela BR-369. A polícia já teria o nome do suspeito que cometeu o homicídio. Populares informaram que ele teria ido tirar satisfação com o advogado.

Nota da OAB

“A OAB Paraná, indignada, lamenta o falecimento do jovem advogado Bruno dos Santos Mendes, na tarde desta quarta-feira (17), em Bandeirantes, no Norte Pioneiro do estado, e repudia vigorosamente o covarde homicídio de que foi vítima, em pleno exercício profissional. A OAB Paraná está expedindo ofícios ao governador do estado e ao secretário de Segurança Pública exigindo o imediato esclarecimento do caso, com a prisão do responsável ou dos responsáveis. A advocacia paranaense está de luto e inconformada com o ocorrido, que atinge todos os que militam na profissão. À família do advogado falecido, seguem votos de conforto e esperança na Justiça.

A Diretoria”

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism