JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

3 de mar de 2016

ADVOGADO DO DIABO?

Uma renomada revista consultou alguns dos mais tradicionais escritórios brasileiros para saber quem são os 15 advogados mais poderosos do país. São eles: Márcio Thomaz Bastos, Pierpaolo Cruz Bottini, Antônio Carlos de Almeida Castro, José Luís de Oliveira Lima e Arnaldo Malheiros Filho na área penal, Francisco Müssnich na área de operações financeiras, Jairo Saddi na área de contratos comerciais, Édis Milaré na área de direito ambiental, Sérgio Bermudes, Marcelo Ferro e Arnoldo Wald na área cível, José Roberto Opice na área financeira, Nelson Eizirik na área de contratos comerciais e Carlos Ari Sundfeld e Paulo Valois na área de infraestrutura.



Mas o que torna tais advogados tão poderosos?

Um ou mais de um dos seguintes fatores: proximidade com políticos, banqueiros e grandes empresários; advogar em causas de repercussão nacional ou em ações bilionárias; atuação nas áreas de geração de energia, petróleo, telefonia, fusão de empresas e empreiteiras. Isso significa que alguns dos clientes mais famosos do Brasil, para o bem ou para o mal, têm as suas causas patrocinadas por esse time! Até aqui nenhuma surpresa.

Porém, uma pergunta continua. Como eles chegaram lá?

Deixando de lado eventuais obscuridades, uma vez que a origem do dinheiro de alguns clientes pode ser duvidosa ou os atos praticados por eles repugnantes, pude perceber que a maioria dos advogados de sucesso possuem características em comum, sendo eles:

  • workaholics: ou seja, viciados em trabalho!;
  • marqueteiros: mantêm excelente relação com a imprensa, dão entrevistas, consultas, publicam livros, artigos, etc.;
  • comunicadores brilhantes: sabem falar e escrever bem, argumentar e convencer;
  • populares: todos mantêm amplas e influentes redes de contatos;
  • vendedores natos: vestem-se bem ou são exóticos, possuem escritórios bem decorados e nos melhores endereços, sabem utilizar clientes importantes para captar novos e sabem captar os melhores clientes.

E você, possui alguma dessas características? Sem realizar qualquer juízo de valor muito podemos aprender com os grandes! Afinal, eles chegaram lá, e estou certo de que não foi somente por manterem relações com os poderosos, e sim porque apresentam habilidades fundamentais para obterem sucesso em qualquer profissão.

Clientes desonestos, de má fama, corruptos ou assassinos, todos têm direito de defesa. E certamente os grandes advogados irão defendê-los!

Fonte: Hoje em dia

Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism