JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

29 de mar de 2016

ASTOLFO DIDO, O ADVOGADO DA DEPRESSÃO - NÓIS QUERIA TÁ COMO?

Amigos depressivos da universalidade advocatícia, “oh nóis aqui traveiz”!

Nem vem que eu não tô bom hoje.

Hahahahahahaha

Zuêra, meu xófens, o tio lóva vocês.

“Alá, tá feliz é porque recebeu honorários”. Mas não, Brasil, recebi não. Assim, tá lá os papelzinho pra ser expedido, mas quem diz que eles expede meus mandado de levantamento? Porque eu vivo de amor e brisa então não preciso.

“Tá bipolar hoje, Astolfo” (Tô interativo com os leitores, me deixa).



Mas oh, segundo pesquisas feitas em maçaxusetes orraio, a advocacia é a profissão que tem mais doido ou pessoas com tendências a desenvolver transtornos psicológicos. E como não, né? Que jeito que não fica doido, gente? Pelamor, passei a semana emendando inicial. Cada hora que eu peticionava eu descobria outra coisa que tinha mudado e lá ia remendar os pedidos.

Mas tá bom... é tudo remendado, o carro remendado, as roupas remendadas, a inicial remendada, a vida remendada... E eu fico como? Cheide. Chei de vontade de remendar a mão pra cara daquele povo sentado com cara de boixta atrás do balcão que leva 20 min pra levantar e atender o coitado do advogado que tá morrendo cozinhando dentro do terno no corredor daquele fórum sem ar condicionado.

A vontade é de advogado demoníaco, mas o coração é de advogado paciente.


E assim eu vou tentando. Um dia eu ainda me dou bem, eu acho.


Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism