JUIZ CAGÃO:

Juiz tira um foto no banheiro pra mostrar que também é genteClique e leia

10 de mar de 2016

DOUTOR COXINHA - COMO FUNCIONA O PROCESSO SELETIVO PARA UM ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA

Olá nobres e ilustres doutores do maravilhoso mundo das leis, percebi pelas minhas últimas colunas escritas que todos se interessaram em meus métodos de trabalho, inclusive, passei a receber um elevado número de currículos de estagiários, advogados, e até mesmo juízes que desejam trabalhar para mim.

Pois bem, deste modo, resolvi falar hoje dos métodos de seleção aqui do meu escritório, e acredito que com isso, aqueles que não conseguirem entrar para a minha banca de advogados, pelo menos terão valiosas dicas para as próximas entrevistas.

A primeira regra do meu escritório é avaliar o currículo do candidato, e verificar a faculdade onde o postulante à uma vaga cursa ou cursou direito, nós não aceitamos profissionais oriundos de faculdades de qualidade duvidosa, aqui só tem advogado formado em faculdades de primeira linha, logo, se você estudou em uma universidade que o valor da mensalidade está abaixo de R$1.600,00 nem precisa perder tempo, pois seu currículo será usado como forro da gaiola do meu rouxinol.

Além da faculdade, observamos ainda os estudos básicos, se o candidato veio de escola pública no ensino médio, também é descartado, porque se tem coisa que eu mais odeio é ouvir discurso de gente que diz que nasceu pobre e cresceu na vida por seus próprios méritos, não gosto desses discursos da classe operária, e assim, o currículo deste pessoal já vai para a gráfica, para ser reciclado e retornar para o escritório como papel de rascunho.

Ainda avaliando o currículo nós analisamos todo e qualquer erro de português, inclusive vírgulas mal posicionadas e se houver qualquer erro, o candidato está eliminado do certame, mas neste caso, faço questão de enviar um e-mail para o ignóbil, explicando que ele foi recusado por ser burro e não saber usar com eficácia a gramática.

Passada esta pequena porém rigorosa análise, marcamos entrevistas com os candidatos remanescentes e logo na chegada deles ao escritório, uma verificação preliminar é realizada, nos homens: brincos, barba por fazer, cabelo comprido, nas mulheres: roupas vulgares, maquiagem forte = todos eliminados.

Ao iniciar a entrevista eu convido o candidato para a minha sala e pelo aperto de mão já elimino mais alguns: mãos molhadas ou "mão mole", são eliminados antes mesmo de sentar em minha confortável cadeira. Mãos suadas demonstram nervosismo e eu não quero advogado ou estagiário que trema perante um juiz e mãos moles ao cumprimentar demonstram fraqueza.

Após aprovado nestes quesitos eu converso com o candidato por no máximo três minutos, uma conversa rápida, pois sou muito bom em análises pessoais, observo apenas a eloquência e dicção, se estiver certo, encaminho para a última fase: o exame médico, neste momento o meu médico de confiança sob o pretexto de fazer um exame físico observa se o candidato possui alguma tatuagem, se tiver, está eliminado, caso não possua, está contratado.

Semana que vem tem mais, e lembrem-se do que eu sempre digo: Só tem vida difícil quem não se esforça.


Espalhe

Receba por e-mail

Organizações N.E.D.: Não Entendo Direito - Entendo Direito - Desenvolvido por Templateism